Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
24/05/2011 - 13h47

Relator do Código Florestal critica ex-ministros de Meio Ambiente

Publicidade

ANA FLOR
DE BRASÍLIA

O relator do novo Código Florestal, Aldo Rebelo (PC do B-SP), distribuiu críticas aos ex-ministros de Meio Ambiente que estão em Brasília desde segunda-feira (23) para tentar o adiamento da votação do texto na Câmara.

Dilma recebe ex-ministros que são contra texto de lei florestal
Impasse regimental impede votação do Código Florestal, diz Rebelo
Governo cede para votar nova lei florestal nesta terça-feira
Deputados discutem o novo Código Florestal; acompanhe

Ao chegar para uma reunião com os ministros Antonio Palocci (Casa Civil) e Luiz Sérgio (Relações Institucionais), Rebelo chamou a carta enviada pelos ex-titulares à presidente Dilma Rousseff de "abaixo-assinado". Criticou ainda os ex-ministros Carlos Minc e Marina Silva (governo Lula) e Zequinha Sarney (governo Fernando Henrique Cardoso).

Segundo Rebelo, Minc foi secretário da área no Rio, mas não conseguiu evitar os recentes desabamentos no Estado. Já Marina, segundo ele, teria que "responder por que o povo do Acre preferiu José Serra e Dilma Rousseff nas eleições presidenciais de 2010 [Marina ficou em terceiro lugar no Estado onde nasceu e fez carreira política]", e Zequinha representa, segundo Aldo, o "exemplo de desenvolvimento sustentável que é o Maranhão".

Há a expectativa que Rebelo se reúna com a presidente no início da tarde. Dilma está neste momento no Palácio da Alvorada, onde almoça.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página