Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
14/10/2010 - 21h33

Pesquisa desenvolve nova vacina contra a tuberculose

Publicidade

MARCELO MARANINCHI
DE SÃO PAULO

Uma nova vacina contra a tuberculose - que pode tornar mais eficaz a vacina já existente, a BCG - está sendo desenvolvida nos Estados Unidos. Os testes foram feitos com camundongos, macacos e porquinhos-da-índia e agora devem incluir humanos.

O estudo foi realizado por pesquisadores do Instituto para Pesquisas em Doenças Infecciosas de Seattle e publicado ontem na revista "Science Translational Medicine".

A eficácia da BCG, aplicada em crianças, diminui com o passar do tempo e não é suficiente para evitar a transmissão da doença em adultos.

A nova vacina, resultado de uma combinação de proteínas, deve prolongar a imunidade e oferecer proteção extra contra bactérias resistentes a tratamento.

COMBATE

Ontem (13), a OMS (Organização Mundial da Saúde) lançou um programa de combate à tuberculose. O plano, que deve se desenrolar entre 2011 e 2015, pretende acelerar prevenção, diagnóstico e tratamento para 32 milhões de pessoas.

A organização estima que um terço da população mundial esteja infectada pelo Mycobacterium tuberculosis e apresente risco de desenvolver a doença. A tuberculose é a maior causa de morte por doença infecciosa em adultos no mundo.

Em 2008, foram notificados cerca de 70 mil casos no Brasil. Mais de 4.700 mortes foram registradas como decorrência da doença. O percentual de cura no país chegou a 73% - índice ainda bem inferior aos 85% recomendados pela OMS.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página