Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 

carlos heitor cony

 

11/12/2011 - 04h00

Bem-feitos e malfeitos

Em crônica anterior, comentei o esforço de Dilma em anunciar programas quase todos os dias, embora seu tempo mais precioso esteja comprometido com as faxinas internas, que colocam seu governo numa espécie de marca do pênalti. De uma hora para outra, pode surgir um malfeito que escape da faxina, e aí, sim, teremos uma crise tamanho família.

Assinantes da Folha e do UOL podem acessar a íntegra da coluna aqui

carlos heitor cony

Carlos Heitor Cony é membro da Academia Brasileira de Letras desde 2000. Sua carreira no jornalismo começou em 1952 no 'Jornal do Brasil'. É autor de 15 romances e diversas adaptações de clássicos.

 

As Últimas que Você não Leu

  1.  

Publicidade

Livraria da Folha

100 Palavras do Marxismo

100 Palavras do Marxismo

Michael Löwy, Gérard Duménil e Emmanuel Renault

Comprar
Rápido e Devagar

Rápido e Devagar

Daniel Kahneman

Comprar

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página