Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 

cida santos

 

20/08/2012 - 16h52

Campinas, o novo time do Zé Roberto

Depois da terceira medalha de ouro olímpica, o desafio do técnico José Roberto Guimarães agora é tornar o Campinas uma nova força do vôlei brasileiro. A apresentação oficial da nova equipe será domingo com uma festança com show do sertanejo Leonardo. A equipe está bacana. Os destaques são a central Walewska, a levantadora Fernandinha, a oposto cubana Daymi Ramirez e a ponteira búlgara Elitsa Vasileva.

Quem acompanhou a última Superliga conhece a força da Ramirez. Ela defendeu o Minas e foi a sétima maior pontuadora do torneio. Ramirez desce mesmo a mão no ataque e no saque. Ela foi medalha de bronze com a seleção cubana nos Jogos de Atenas, em 2004. É uma jogadora muito técnica, que inclusive já atuou como levantadora. Cuba joga com duas levantadoras. Quem vai para a rede, vira atacante. Ou seja, Ramirez vai dar muitas opções táticas para o técnico Zé Roberto.

A outra estrangeira é bem menos conhecida. A búlgara Elitsa Vasileva tem apenas 22 anos e uma altura que impressiona para uma ponteira, 1,94 m. É uma das revelações do vôlei europeu. Foi medalha de bronze no Europeu de 2011 com a seleção da Bulgária. Foi campeã italiana pelo Bergamo. Vai ser um diferencial para o Campinas contar com uma ponteira tão alta, algo raro no vôlei brasileiro.

A central Walewska, campeã olímpica em 2008, resolveu não defender mais a seleção. O período que o time nacional esteve disputando os Jogos de Londres, ela ficou treinando com o clube. É uma garantia de bom bloqueio e ataques poderosos pelo meio da rede. Já a levantadora Fernandinha foi para a Olimpíada como titular e acabou na reserva. Teve dificuldade para acertar as bolas da oposto Sheila e das centrais Thaísa e Fabiana. Tem muita técnica, é habilidosa e veloz.

O time tem cinco jogadoras da seleção brasileira B: a líbero Suelen, as centrais Natasha e Andressa, a oposto Ju Nogueira e a ponteira Priscila Daroit. Uma das apostas do técnico Zé Roberto é a jovem levantadora Priscila, de 20 anos. Ela foi titular no Mackenzie na última temporada. O time surpreendeu: chegou às quartas de final e só foi eliminado pelo Rio, do técnico Bernardinho, no terceiro jogo. Outra contratação do Campinas foi a experiente ponteira Soninha, de 34 anos. Ela jogou a última temporada pelo Sesi e foi a terceira maior pontuadora da Superliga.

A estreia da equipe no Campeonato Paulista será no próximo dia 29 contra o Naútico, em Araraquara. O técnico Zé Roberto vai tirar uma semana para fazer a caminhada de Santiago de Compostela, a partir do dia 27. Ele só vai estrear no comando do time no dia 4 de setembro contra o Pinheiros, na arena de Campinas.

cida santos

Cida Santos é jornalista e uma das autoras do livro "Vitória", que narra a trajetória da seleção masculina de vôlei, campeã olímpica em 1992. Escreve de segunda a sexta no site.

 

As Últimas que Você não Leu

  1.  

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Geladeiras Geladeiras Frost Free, Duplex, a partir de R$ 862,20

TV TV LED, 3D, FULL HD e Smart a partir de R$ 399,90

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página