Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 

cida santos

 

20/08/2012 - 16h52

Campinas, o novo time do Zé Roberto

Depois da terceira medalha de ouro olímpica, o desafio do técnico José Roberto Guimarães agora é tornar o Campinas uma nova força do vôlei brasileiro. A apresentação oficial da nova equipe será domingo com uma festança com show do sertanejo Leonardo. A equipe está bacana. Os destaques são a central Walewska, a levantadora Fernandinha, a oposto cubana Daymi Ramirez e a ponteira búlgara Elitsa Vasileva.

Quem acompanhou a última Superliga conhece a força da Ramirez. Ela defendeu o Minas e foi a sétima maior pontuadora do torneio. Ramirez desce mesmo a mão no ataque e no saque. Ela foi medalha de bronze com a seleção cubana nos Jogos de Atenas, em 2004. É uma jogadora muito técnica, que inclusive já atuou como levantadora. Cuba joga com duas levantadoras. Quem vai para a rede, vira atacante. Ou seja, Ramirez vai dar muitas opções táticas para o técnico Zé Roberto.

A outra estrangeira é bem menos conhecida. A búlgara Elitsa Vasileva tem apenas 22 anos e uma altura que impressiona para uma ponteira, 1,94 m. É uma das revelações do vôlei europeu. Foi medalha de bronze no Europeu de 2011 com a seleção da Bulgária. Foi campeã italiana pelo Bergamo. Vai ser um diferencial para o Campinas contar com uma ponteira tão alta, algo raro no vôlei brasileiro.

A central Walewska, campeã olímpica em 2008, resolveu não defender mais a seleção. O período que o time nacional esteve disputando os Jogos de Londres, ela ficou treinando com o clube. É uma garantia de bom bloqueio e ataques poderosos pelo meio da rede. Já a levantadora Fernandinha foi para a Olimpíada como titular e acabou na reserva. Teve dificuldade para acertar as bolas da oposto Sheila e das centrais Thaísa e Fabiana. Tem muita técnica, é habilidosa e veloz.

O time tem cinco jogadoras da seleção brasileira B: a líbero Suelen, as centrais Natasha e Andressa, a oposto Ju Nogueira e a ponteira Priscila Daroit. Uma das apostas do técnico Zé Roberto é a jovem levantadora Priscila, de 20 anos. Ela foi titular no Mackenzie na última temporada. O time surpreendeu: chegou às quartas de final e só foi eliminado pelo Rio, do técnico Bernardinho, no terceiro jogo. Outra contratação do Campinas foi a experiente ponteira Soninha, de 34 anos. Ela jogou a última temporada pelo Sesi e foi a terceira maior pontuadora da Superliga.

A estreia da equipe no Campeonato Paulista será no próximo dia 29 contra o Naútico, em Araraquara. O técnico Zé Roberto vai tirar uma semana para fazer a caminhada de Santiago de Compostela, a partir do dia 27. Ele só vai estrear no comando do time no dia 4 de setembro contra o Pinheiros, na arena de Campinas.

cida santos

Cida Santos é jornalista e uma das autoras do livro "Vitória", que narra a trajetória da seleção masculina de vôlei, campeã olímpica em 1992. Escreve de segunda a sexta no site.

 

As Últimas que Você não Leu

  1.  

Publicidade

Livraria da Folha

As Ideias Conservadoras

As Ideias Conservadoras

João Pereira Coutinho

Comprar
Pensadores da Nova Esquerda

Pensadores da Nova Esquerda

Roger Scruton

Comprar
Tudo o que Eu vi e Vivi

Tudo o que Eu vi e Vivi

Rosane Malta

Comprar
O Caso dos Nove Chineses

O Caso dos Nove Chineses

Ciça Guedes e Murilo Fiuza

Comprar

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Smart TV Smart TV Diversas ofertas a partir de R$ 856,11

Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

Celulares | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página