Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
06/02/2012 - 19h09

Poupatempo vai agendar dia para quem for renovar habilitação

Publicidade

DE SÃO PAULO

Atualizado às 20h48.

A partir desta quarta-feira (8), as unidades do Poupatempo na cidade de São Paulo passarão a agendar um dia para atender quem quiser renovar a Carteira Nacional de Habilitação.

O motivo é uma adequação dos postos ao novo sistema de emissão de carteiras de motorista no Estado, batizado de e-CNHsp, que começou a funcionar em dezembro nas unidades do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) da capital.

Com a mudança, não será mais necessário ficar esperando ser chamado: basta chegar ao local 15 minutos antes do horário agendado e retirar uma senha.

Para fazer o agendamento, é preciso fazer um pré-cadastro no site e-cnhsp.sp.gov.br e escolher uma das datas disponíveis para apresentação da documentação e a coleta biométrica (captação de digitais, fotografia e assinatura digital) em quatro unidades do Poupatempo --Cidade Ademar, Itaquera, Santo Amaro e Sé.

Por enquanto, é o sistema que escolhe um horário, mas, segundo o Detran, em breve o cidadão também poderá escolher o horário que achar melhor.

Após o cumprimento dessas etapas, o cidadão fica apto a prosseguir com o processo tradicional para renovar a habilitação, com a realização do exame médico, também realizado no Poupatempo.

O agendamento vale também para a reabilitação de permissionários ou adição e mudança de categoria na CNH.

ADIAMENTO

O e-CNHsp começou a ser implantado na cidade de São Paulo exatamente um ano depois da previsão inicial.

Ele deveria começar no dia 20 de dezembro de 2010, mas foi adiado, segundo o Detran, para a correção de problemas.

O sistema começou a funcionar em 2010 em cidades da região metropolitana e do interior do Estado. No início, donos de autoescolas reclamaram de problemas técnicos, como falhas no processamento e na identificação do motorista, que causavam atrasos e prejuízos.

Após a suspensão da implantação do e-CNHsp em São Paulo, o Detran passou por reformulação, deixando a Secretaria da Segurança Pública e sendo integrado à Secretaria de Gestão Pública.

O Detran afirma que o adiamento foi definido para que as entidades envolvidas no processo de emissão da habilitação --médicos, psicólogos e Centros de Formação de Condutores-- tivessem um prazo maior para se adaptar às exigências do novo sistema.

A identificação do candidato pelas impressões digitais é uma das principais novidades do novo sistema. Além disso, o e-CNHsp permite que informações sejam transmitidas em tempo real para a Prodesp (Companhia de Processamento de Dados de São Paulo).

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Geladeiras Geladeiras Frost Free, Duplex, a partir de R$ 862,20

Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

Celulares | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página