Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
02/10/2012 - 06h01

Secretaria da Saúde admite falta de médicos em São Paulo

Publicidade

DO "AGORA"

A Secretaria de Estado da Saúde afirma que o Hospital Geral de Vila Penteado, na zona norte de São Paulo, admite a escassez de pediatras.

Pronto-socorro infantil de SP só funciona às quartas e quintas

Em nota, a pasta diz que o hospital tem 21 vagas abertas para pediatria, mas, no último concurso, apenas três profissionais se inscreveram.

"Vale ressaltar que o atendimento básico com pediatras também pode ser obtido junto às Unidades Básicas de Saúde municipais", diz a nota.

Quanto ao Hospital Geral de Vila Nova Cachoeirinha, também na zona norte de São Paulo, e que tem problema semelhante de falta de profissionais para o atendimento da população, a secretaria afirma que ontem a unidade contou com "três especialistas" no pronto-socorro.

De acordo com a pasta, até as 15h de ontem, 642 atendimentos foram feitos no pronto-socorro da unidade.

Desses atendimentos, segundo a Secretaria da Saúde, 126 foram realizados por clínicos-gerais.

A secretaria diz ainda que mantém concurso para contratar mais 11 clínicos para o hospital na zona norte.

A pasta afirma que um médico da rede estadual recebe, em média, R$ 3,7 mil mensais, mas não especifica o que é salário e o que é bonificação.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página