Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
12/02/2013 - 01h39

Problema em carro da Beija-Flor provoca buraco no desfile

Publicidade

DO RIO

A Beija-Flor teve problemas para colocar um de seus carros na avenida e a demora na entrada da alegoria fez a escola abrir um grande buraco durante sua apresentação na madrugada desta terça-feira.

Acompanhe o Carnaval do Rio minuto a minuto
Veja a cobertura completa do Carnaval
Está pulando o Carnaval? Mande seu relato!
Fotografe com Instagram sua folia e envie para Folha
Veja os sambas-enredo das escolas do Rio de Janeiro

Esse tipo de problema é um fato raro na escola, tida como uma das que possui a técnica mais apurada no desfile. A escola teve de apressar seus componentes que desfilavam no último setor e deve perder pontos em conjunto, harmonia e evolução.

A falha comprometeu o desfile da escola, que, até então, vinha bem.

Com alegorias luxuosas e bem acabadas, a agremiação de Nilópolis (Baixada Fluminense) contou a história da raça de cavalos Manga Larga Marchador, num enredo patrocinado por criadores do animal.

A Beija-Flor passeou pelos séculos para retratar a história do cavalo.

De São Jorge, representado na comissão de frente, aos povos que desestimaram ou usaram o animal ao longo dos tempos. Entre eles, destaque para árabes e ciganos --estes últimos lembrados num carro luxuoso e todo em dourado.

Um tripé representava o Cavalo de Troia, de onde saíam guerreiros. A figura do animal, porém, foi repetida muitas vezes no desfile, o que causou um certo "cansaço visual".

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

TV LED TV LED Smart, HDMI, Full HD a partir de R$ 899,90

Geladeira Geladeira Side By Side, Duplex, Frost Free a partir de R$ 849,00

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página