Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
07/03/2013 - 20h04

Pesquisa mostra que mulheres são maioria no metrô de São Paulo

Publicidade

DE SÃO PAULO

Uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira aponta que as mulheres representam 58% dos passageiros transportados pelo metrô de São Paulo.

O sexo feminino ultrapassou o masculino nos trens em 2008, quando chegou a 54% do total. Desde então aumentou a proporção, até chegar aos 58% no ano passado.

A pesquisa "Caracterização socioeconômica dos usuários e seus hábitos de viagem" é realizada a cada dois anos e serve de base para o planejamento, campanhas e comercialização de espaços nas estações. O estudo completo ainda está sendo concluído.

A linha que mais transporta mulheres é a 2-verde, com 63% de passageiras.

No ranking das dez estações mais femininas estão Clínicas (71%), Paraíso (70%), São Joaquim (70%), Consolação (67%), Marechal Deodoro (66%), Vila Mariana (65%), Largo Treze, Belém, Vila Prudente e Brigadeiro (todas com 63%).

Segundo o Metrô, o motivo principal para o fenômeno é o fato da rede atual atender uma área em que predominam os setores de serviços e comércio, "segmentos que incorporam maior número de representantes do gênero feminino".

Na comparação dos hábitos de viagem, as mulheres costumam usar mais o metrô por motivo de saúde do que os homens. Na avaliação da companhia, isso ocorre "provavelmente por exercerem a função de acompanhantes ou cuidadoras".

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página