Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu

Moradores de Carapicuíba fazem protesto após ataques

Publicidade

Moradores de Carapicuíba (região metropolitana de SP) realizaram protesto na tarde deste sábado (20) após os ataques na região que deixaram 11 vítimas. Os moradores carregavam cartazes pedindo justiça e paz.

Quatro moradores foram mortos e sete ficaram feridos em dois ataques ocorridos na noite de quarta-feira (17), em Osasco e Carapicuíba, na Grande São Paulo.

Polícia investiga participação de PMs em crimes na Grande SP
Após mortes, dois ônibus são incendiados na Grande São Paulo

As ocorrências foram registradas pela polícia com o intervalo de 10 minutos, e os locais onde ocorreram os crimes ficam a uma distância de menos de 10 km entre si.

Marlene Bergamo/Folhapress
Moradores de Carapicuiba fazem protesto pedindo justica e paz; suspeita-se do envolvimento de policiais.
Moradores de Carapicuiba fazem protesto pedindo justica e paz; suspeita-se do envolvimento de policiais nos ataques

Uma força-tarefa de 12 delegados da Polícia Civil, criada para investigar os homicídios, suspeita que policiais militares estejam envolvidos nos crimes. Uma das linhas de investigação é que esses policiais participem de um grupo de extermínio.

Conforme quatro delegados ouvidos pela Folha, as outras hipóteses para os crimes são briga entre traficantes, que querem desestabilizar a área de seus adversários, ou entre as vítimas e os atiradores.

CRIME

Na noite de quarta-feira, quatro pessoas foram baleadas em um ataque em Osasco. Diego Denílson Câmara de Lira, 18, não resistiu aos ferimentos e morreu. Segundo a PM, as vítimas disseram que estavam em um bar quando foram abordadas por dois suspeitos num Vectra prata, que dispararam contra eles e fugiram.

Ainda de acordo com a polícia, Diego era procurado por tráfico de drogas. A ocorrência foi registrada às 23h15.

A cerca de 10 km, após um intervalo de cerca de dez minutos, outro crime foi registrado em Carapicuíba, também na Grande São Paulo. Sete pessoas foram atingidas por tiros que teriam partido também de um carro prata, de acordo com o depoimento de testemunhas.

Cinco delas estavam em frente a um bar. Uma pessoa morreu no local e outra a caminho do hospital. Outras três ficaram feridas e foram levadas a prontos-socorros da região.

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade

Siga a folha

Envie sua notícia

Publicidade

+ Livraria

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade

Folha Shop

Fogão Fogão De diversas marcas a partir de R$ 358,20

Notebook Notebook Windows 8, LED, Intel" Core a partir de R$ 799,00

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página