Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu

Choque usa bombas contra manifestantes na frente de aeroporto de SP

Publicidade

A Tropa de Choque usou bombas de gás lacrimogêneo contra os manifestantes que protestavam, na noite desta sexta-feira, na frente do aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo. As pessoas atiraram pedras e outros objetos contra a polícia que fazia um cordão na frente dos terminais 1 e 2.

Logo após a confusão, a rodovia Helio Smidt, que dá acesso ao aeroporto, teve o tráfego liberado e as dezenas de pessoas que aguardavam dentro do prédio puderam sair. Era orientação do próprio aeroporto que as pessoas que desembarcavam aguardassem no local até a liberação pelos manifestantes.

Pessoas deixam carro no trânsito e seguem a pé ao aeroporto
Protestos fecham comércio em SP; Center Norte reabre amanhã
Veja o resumo dos 14 dias de protestos na capital paulista

Com o protesto, muitas pessoas que seguiam em direção ao aeroporto decidiram abandonar os carros no trânsito e seguir a pé para não perderem o horário de seus voos. O acesso para a Hélio Smidt também chegou a ser totalmente bloqueada, segundo a concessionária responsável pela rodovia.

Por volta das 20h, a Polícia Militar chegou a estimar 8.000 pessoas no local. Segundo a Infraero (estatal que administra o aeroporto), houve alguns cancelamento e atrasos, mas não há confirmação se têm relação com o protesto.

No aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, o acesso também foi prejudicado, mais cedo, por outro protesto que fecha a avenida Washington Luis. O local, no entanto, já tinha sido liberado por volta das 22h40.

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade

Siga a folha

Envie sua notícia

Publicidade

+ Livraria

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade

Folha Shop

TV Smart TV Smart HDMI, LED, Full HD a partir de R$ 999,99

Refrigerador Refrigerador Side By Side, Duplex, Frost Free a partir de R$ 849,00

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página