Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu

Cubano do programa Mais Médicos morre após passar mal em Salvador

Publicidade

Integrante do programa federal Mais Médicos, o médico cubano Pedro Juan Tamayo Martin morreu nesta segunda-feira (14) em Salvador.

O profissional estava no abrigo onde vivia no Subúrbio Ferroviário, periferia de Salvador, quando sentiu dores no peito no início da noite. Ele chegou a ser atendido por médicos, mas não resistiu e morreu no local.

Segundo a Secretaria da Saúde de Salvador, a suspeita é que ele tenha sofrido uma parada cardiorrespiratória.

O corpo do médico foi encaminhado ao Instituto Médico Legal Nina Rodrigues, na capital baiana.

Martin trabalhava na Unidade de Saúde da Família São José de Baixo desde dezembro do ano passado, quando desembarcaram na Bahia 183 médicos estrangeiros ligados ao programa federal.

A Opas (Organização Pan-Americana de Saúde), que firmou contrato com o governo brasileiro para a contratação dos profissionais cubanos, foi informada da morte do médico e deverá providenciar a repatriação do corpo.

Foi o segundo caso de morte de profissional estrangeiro do Mais Médicos registrado no país desde o lançamento do programa, em julho de 2013. Há duas semanas, um médico cubano de 52 anos foi encontrado morto num hotel em Brasília.

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade

Siga a folha

Envie sua notícia

Publicidade

+ Livraria

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade

Folha Shop

TV Smart TV Smart HDMI, LED, Full HD a partir de R$ 999,99

Refrigerador Refrigerador Side By Side, Duplex, Frost Free a partir de R$ 849,00

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página