Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
07/10/2011 - 23h08

Diretora de trânsito que parou em vaga de idoso pede demissão

Publicidade

ESTELITA HASS CARAZZAI
DE CURITIBA

A diretora de trânsito de Curitiba, Rosângela Battistella, pediu demissão nesta sexta-feira (7) depois de receber críticas por ter estacionado o carro numa vaga exclusiva para idosos.

Leitor flagra carro oficial estacionado em vaga de idoso em SP

Battistella admitiu ter usado a vaga durante reunião com agentes de trânsito. A declaração foi filmada e divulgada há cerca de duas semanas, pelos próprios agentes.

"Alguém falou do meu carro, [...] que o meu carro estava estacionado em vaga de idoso. Estava, sim", diz a ex-diretora, na gravação. "Era um dia de chuva, que não tinha estacionamento dentro da Urbs [Urbanização de Curitiba S.A., órgão que gerencia o trânsito e o transporte coletivo da cidade]. E não era só o meu."

Em nota à imprensa, Battistella afirmou que o episódio, ocorrido em agosto, foi "um dos motivos" do pedido de demissão.

"Cometi um erro e assumo. Tenho uma trajetória ética na vida pessoal e profissional. Por isso tenho a maior tranquilidade em admitir meu erro e colocar meu cargo à disposição, para preservar a Diretran [Diretoria de Trânsito de Curitiba] e a Urbs, órgãos pelos quais tenho profundo respeito e onde exerci minha função com orgulho e dedicação", afirmou.

Battistella era diretora de trânsito do município há cerca de cinco anos.

Na nota, ela ainda afirma que pediu, logo em seguida, para que o motorista da Urbs retirasse o carro da vaga exclusiva e o estacionasse em outro local.

A ex-diretora diz que abriu mão de uma vaga privativa na empresa, já que não tinha carro próprio, e que só usava automóvel em ocasiões excepcionais

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página