Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter

Ribeirão Preto

26/03/2013 - 13h08

Nova paralisação de ônibus em Ribeirão está descartada, diz consórcio

Publicidade

FERNANDA TESTA
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA, DE RIBEIRÃO PRETO

O consórcio Pró-Urbano, responsável pelo transporte público de Ribeirão Preto (313 km de São Paulo), descarta nova paralisação dos ônibus na cidade.

Na noite desta segunda-feira, todos os veículos da cidade deixaram de circular pela cidade após o incêndio dos dois ônibus da empresa, no Ipiranga, zona norte do município.

A medida deixou os usuários sem transporte após as 20h. Nesta terça-feira, os ônibus voltaram a circular normalmente.

De acordo com a assessoria do consórcio, o prejuízo só com os ônibus queimados foi de R$ 750 mil. Os dois veículos tiveram perda total, informou a empresa.

O toque de recolher dos ônibus foi decretado, segundo a assessoria de imprensa do consórcio, por medida de segurança aos usuários e aos motoristas contra novos ataques.

A assessoria da empresa disse, porém, que descarta nova paralisação desde que novos ataques não ocorram.

O consórcio não informou quantos passageiros deixaram de ser atendidos, mas o número de viagens nos ônibus da cidade vem aumentando desde fevereiro.

Segundo a prefeitura, desde que o novo sistema de transporte coletivo foi adotado em Ribeirão Preto, na primeira quinzena do mês passado, o número de viagens mensais cresceu 10% -- de 99,5 mil para 110,2 mil.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

TV LED TV LED Smart, HDMI, Full HD a partir de R$ 899,90

Geladeira Geladeira Side By Side, Duplex, Frost Free a partir de R$ 849,00

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página