Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu

Ribeirão Preto

Carros abandonados nas ruas chegam a 150 em cidades do interior de SP

Publicidade

Mudanças na lei e aumento na fiscalização são as alternativas encontradas por municípios da região de Ribeirão Preto (313 km de São Paulo) para tentar diminuir o abandono de veículos em vias públicas. Do começo do ano até agora, 157 veículos foram deixados pelos donos nas ruas de Franca, Monte Alto e Jaboticabal.

A cidade de Franca, que conta com uma frota de 209.806 veículos, é a que apresenta a pior situação da região. Até esta quarta-feira (24), 101 donos de carros e motos abandonados em vias públicas haviam sido notificados --12 automóveis foram recolhidos.

De acordo com o secretário de Segurança e Cidadania, Sérgio Buranelli, restos de carros alegóricos e carcaças de ônibus, além de caminhões e carros acidentados, são os principais veículos abandonados na cidade.

Os donos desses veículos têm um prazo de dez a 15 dias para fazer a transferência para um local permitido. Caso isso não aconteça, o veículo vai para um pátio.

Joel Silva/Folhapress
Sucatas de veículos abandonados em pátio na capital paulista; problema se repete em ruas de cidades da região de Ribeirão
Sucatas de veículos abandonados em pátio na capital paulista; problema se repete em ruas de cidades da região de Ribeirão

Segundo o chefe de gabinete da Prefeitura de Monte Alto, Vanderlei Rodrigues, veículos abandonados nas ruas prejudicam o trânsito, causam problemas de saúde pública com o acúmulo de água parada e ainda atraem moradores de rua.

A Prefeitura de Monte Alto propôs uma lei, aprovada pelo Legislativo, para autuar donos de carros abandonados.

Dois meses depois da aprovação da lei, 30 veículos abandonados foram encontrados em toda a cidade --cinco deles foram recolhidos.

De acordo com Rodrigues, todo veículo abandonado é adesivado e, caso o dono não o retire do local em até 15 dias, ele é levado para um pátio. Após 90 dias, o proprietário só pode recuperar o carro se pagar multa de R$ 500.

Em Jaboticabal, já foram encontrados 26 veículos abandonados nas ruas da cidade neste ano --seis deles foram recolhidos pela PM.

NA REGIÃO

Outras cidades da região também convivem com o problema. Em Sertãozinho, veículos abandonados já foram encontrados em vias de bairros mais periféricos.

Em Ribeirão Preto não há um controle dos veículos abandonados nas ruas, segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, que informou não existir fiscalização para recolher carros e motos nessas condições.

A assessoria de imprensa de Araraquara informou que a cidade não tem um levantamento desses casos, mas que há fiscalização e multa.

Na capital paulista, como a Folha publicou no último dia 13, 80 mil veículos estão abandonados em pátios particulares do município.

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Siga a folha

Publicidade
[an error occurred while processing this directive]

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade

Folha Shop

Fogão Fogão De diversas marcas a partir de R$ 358,20

Notebook Notebook Windows 8, LED, Intel" Core a partir de R$ 799,00

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página