Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 

Jogos PanAmericanos 2011

História

São Paulo - 1963

Folha Imagem

Sílvia Helena disputa prova de saltos ornamentais para os Jogos Pan-Americano de 1963, em São Paulo.
Sílvia Helena disputa prova de saltos ornamentais para os Jogos Pan-Americano de 1963, em São Paulo.
Medalhas
       
Estados UnidosEstados Unidos 109 56 36
BrasilBrasil 14 20 18
CanadáCanadá 10 27 25
ArgentinaArgentina 8 15 20
CubaCuba 4 6 4

EUA dominam competição esvaziada

A primeira edição brasileira dos Jogos foram dominadas pelos Estados Unidos, que conquistaram 201 medalhas, quase quatro vezes mais do que o Brasil , segundo colocado. A competição foi menor do que quatro anos antes, em Chicago. Apenas 1.665 atletas, representando 22 países, participaram dos Jogos na capital paulista. Foi a edição com menor número de competidores da história. Com a competição esvaziada, até mesmo países com pouca tradição na competição, como o Uruguai, conseguiram destaque. Os Jogos de 1967 tiveram a estréia do judô (masculino), totalizando 20 modalidades disputadas.


Pôster dos Jogos Panamericanos de São Paulo - 1963

Brasil


Competindo em casa, a delegação brasileira teve a sua melhor colocação na história do quadro de medalhas do Pan. Com 14 ouros, 20 pratas e 18 bronzes, ficou atrás apenas dos Estados Unidos e conseguiu pela primeira vez derrotar a sua arqui-rival Argentina. Dona de sete conquistas de Grand Slams, Maria Esther Bueno venceu o tênis feminino. No futebol, a equipe de Jairzinho e Carlos Alberto Torres, que seriam campeões mundiais sete anos depois, também subiu ao alto do pódio.

Curiosidades

Colômbia, Costa Rica, República Dominicana, Haiti, Nicarágua e Paraguai não enviaram atletas ao Jogos Pan-Americanos de 1963, em São Paulo. Dos 22 países participantes, 18 conquistaram medalha na capital paulista.

O boxe foi o esporte que mais pódios deu ao Brasil em 1963. Foram nove (três de ouro, cinco de prata e uma de bronze), contra oito do atletismo (duas de prata e seis de bronze). O tênis somou seis (três de ouro).

As conquistas no boxe vieram com Rosemiro Mateus dos Santos (categoria 57 kg), Elcio Neves (71 kg) e Luís Cesar (75 kg). Foram as últimas medalhas de ouro do boxe Brasil eiro em Jogos Pan-Americanos.

Os EUA dominaram a disputa do judô, que fez sua estréia no Pan. Venceram três das quatro categorias. A outra foi vencida pelo judoca brasileiro Lhofei Shiozawa. O Brasil também somou duas pratas na modalidade.

O atirador norte-americano Gary Anderson foi ouro no rifle individual, rifle três posições e carabina deitado por equipes. Ele seria campeão olímpico no rifle individual nos Jogos de Tóquio-64 e México-68.

Em 1963, o Brasil faturou cinco medalhas na vela (três de ouro). Os irmãos Reinaldo Conrad e Ralph Conrad venceram na snipe; Joaquim Roderbourg e Klaus Hendricksen, na flying dutchman; e Hans Domschke, na finn.

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página