Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 

Pan 2011

Quadro completo

          total
EUAEUA 92 79 65 236
CubaCuba 58 35 43 136
BrasilBrasil 48 35 58 141
MéxicoMéxico 42 41 50 133
História

Cidade do México - 1975

Reprodução

Equipe brasileira de remo (ao fundo) completa prova durante os Jogos de 1975, na Cidade do México.
Equipe brasileira de remo (ao fundo) completa prova durante os Jogos de 1975, na Cidade do México.
Medalhas
       
Estados UnidosEstados Unidos 117 82 47
CubaCuba 57 45 32
CanadáCanadá 18 35 38
ArgentinaMéxico 9 13 38
BrasilBrasil 8 13 23

México volta a receber o Pan-Americano

A capital mexicana tornou-se a primeira cidade a receber duas vezes os Jogos Pan-Americanos, só 20 anos depois de ter abrigado pela primeira vez o evento. A Cidade do México se ofereceu para organizar os Jogos após Santiago, no Chile, e São Paulo terem retirado a candidatura. Os organizadores nem precisaram fazer grandes investimentos, pois a cidade azteca havia sido sede dos Jogos Olímpicos, em 1968, e da Copa do Mundo de futebol, em 1970. Um total de 3.146 competidores, representando 33 países, participaram dos 19 esportes que fizeram parte do programa do Pan de 1975.


Pôster dos Jogos Panamericanos da Cidade do México - 1975

Brasil


Apesar de ter se "renascido" no atletismo, graças aos dois ouros obtidos por João do Pulo, o Brasil terminou os Jogos da Cidade do México na quinta colocação, atrás inclusive do México. No futebol, a seleção brasileira conquistou um feito inédito: dividiu a primeira colocação com os aztecas --empataram por 1 a 1 na final, mas não houve decisão nos pênaltis.

Curiosidades

O resultado mais expressivo do Pan de 1975 foi obtido por João Carlos de Oliveira, o João do Paulo. Na altitude da capital mexicana, ele quebrou o recorde mundial do salto triplo, com 17,89 m --marca que durou dez anos.

O incrível salto de João do Pulo surpreendeu os próprios juízes. O medidor eletrônico no estádio mexicano chegava apenas a 17,50 m, e os juízes de linha foram obrigados a improvisar uma trena para medir o salto.

Um das estrelas do boxe foi Sugar Ray Leonard, ouro no peso meio-médios ligeiros --conquista que repetiu na Oimpíada de 1976. Como profissional, Leonard foi o 1º boxeador a ser campeão em três categorias diferentes.

Nos ringues mexicanos, o cubano Rolando Garbey se tornou no primeiro tricampeão pan-americano no boxe. Garbey, que foi bronze na Olimpíada de Montreal-76, venceu pela terceira vez a categoria médios-ligeiros.

Os ginastas cubanos Jorge Cuervo e Roberto León dominaram a disputa da modalidade. O primeiro ganhou quatro de ouro, duas prata e um bronze, contra duas de ouro e três de prata obtido pelo companheiro.

Na competição feminina, as ginastas norte-americanas foram absolutas. A principal destaque da equipe foi Ann Carr, que conquistou cinco dos seis ouros. Ela só não venceu o salto sobre o cavalo --Kolleen Casey.

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Geladeiras Geladeiras Frost Free, Duplex, a partir de R$ 862,20

Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

Celulares | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página