Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
14/09/2012 - 05h30

Com investimentos de R$ 2,5 bi, governo planeja Brasil no top 10 na Rio-16

Publicidade

FILIPE COUTINHO
FLÁVIA FORTE
DE BRASÍLIA

O governo federal anunciou na quinta-feira investimentos para melhorar o desempenho do país na Olimpíada do Rio, em 2016, com bolsas que podem chegar a até R$ 1 milhão por atleta nos próximos quatro anos, no chamado "Plano Brasil Medalhas".

Sem detalhar números de pódios, o objetivo do governo é fazer o Brasil saltar da 22ª colocação no ranking de Londres-2012 para os dez primeiros em 2016. Nos Jogos Paraolímpicos, o plano é ficar entre os cinco melhores --em Londres, o Brasil foi sétimo.

O plano terá investimentos de R$ 1 bilhão até 2016, conforme antecipado pela Folha.

O foco será no treinamento dos atletas de ponta, estimados em 200. Para isso, o governo dará "bolsa-pódio" de até R$ 15 mil mensais, além de R$ 10 mil para o técnico e R$ 5.000 para equipe de apoio, como nutricionistas e psicólogos. Assim, o investimento mensal poderá chegar a R$ 30 mil para a equipe do atleta, totalizando mais de R$ 1 milhão caso ele receba por todo o ciclo olímpico.

Esse valor pode variar, para mais ou para menos, a depender do período em que o atleta receberá os benefícios e se contará com a equipe integral em todos os meses.

O critério do governo será a "necessidade" do atleta, desde que ele esteja entre os melhores da categoria. No total, serão destinados R$ 690 milhões aos esportistas. Além das bolsas, esse valor também inclui R$ 20 mil para cada competidor comprar equipamentos. Haverá ainda gastos com passagens e diárias.

Outros R$ 310 milhões serão para a construção de 22 centros de treinamento. Um deles será exclusivo para os atletas paraolímpicos. O governo promete que será o melhor do mundo. O governo federal bancará dois terços do "Plano Brasil Medalhas", e as estatais bancarão o restante.

"Estamos conscientes de que, para que possamos dar um salto e fazer um gol, precisamos ter uma ação deliberada, sistemática e objetiva do governo", disse a presidente Dilma Rousseff.

O investimento se somará a R$ 1,5 bilhão já previsto, ou seja, R$ 2,5 bilhões até 2016.

Alan Marques/Folhapress
Dilma coloca medalha conquistada por Daniel Dias
Dilma coloca medalha conquistada por Daniel Dias
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Smart TV Smart TV Diversas ofertas a partir de R$ 856,11

Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

Celulares | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página