Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu

Veja quem vai disputar o Mundial de Clubes com o Atlético-MG no Marrocos

Publicidade

Com o inédito título da Taça Libertadores garantido, o Atlético-MG confirmou a presença no Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro.

Dono de três taças continentais (tem duas Copa Conmebol), será a primeira vez que o time mineiro disputará o torneio, que este ano ocorre no Marrocos.

O Mundial de Clubes será disputado entre 11 e 21 de dezembro no sistema eliminatório (primeira fase, quartas de final, semifinal e final), além da definição de quinto e terceiro.

Além do Atlético-MG, outros quatro participantes já garantiram vaga: Auckland City (Nova Zelândia), Bayern de Munique (Alemanha), Monterrey (México) e Raja Casablanca (Marrocos; representante do país-sede).

Será a primeira vez que a África receberá o torneio da Fifa. Geralmente o Japão é a sede. Foram 31ª edições no país asiático --seis sob organização da Fifa e outras 25, entre 1980 e 2004. As cidades-sedes serão Marrakech e Agadir.

Os representantes da América do Sul e da Europa iniciam na semifinal e só podem se encontrar na final (se triunfarem) ou na decisão de terceiro lugar.

Falta definir os representantes de África e Ásia, que serão conhecidos em novembro.

CLASSIFICADOS

O Bayern de Munique está volta ao Mundial após mais de dez anos. Campeão da Copa dos Campeões, o time alemão participará pela primeira vez da edição moderna do torneio.

Os dois títulos conquistados pelo Bayern (1976 e 2001) foram no formato antigo, que reunia o campeão da América do Sul contra o campeão Europeu.

O clube chega ao torneio credenciado por ter eliminado também o Barcelona de Messi na Europa. Vence o rival na semifinal da Copa dos Campeões com duas vitórias (4 a 0 e 3 a 0).

Hoje, o time alemão reúne alguns do jogadores mais badalados do mundo, além de ter o técnico espanhol Pep Guardiola, bicampeão mundial em 2009 e 2011 pelo Barcelona.

Na campanha europeia, o Bayern eliminou Arsenal (oitavas), Juventus (quartas), Barcelona (semifinal) e Borussia Dortmund (final). Na fase de grupos, foi o primeiro em uma chave com Valencia, Bate e Lille. Foram 13 jogos, com dez vitórias, um empate e duas derrotas, além de 31 gols pró e 11 gols contra.

Outro classificado é o mexicano Monterrey, que sagrou-se tricampeão nas Américas do Norte e Central e Caribe, e tentará ir além da semifinal do Mundial neste ano. Na campanha continental, o time venceu oito jogos e empatou dois. Bateu o Santos Laguna na final.

O Auckland City, campeão da Oceania, irá disputar o Mundial de Clubes pela quinta vez na história. Mais novo entre os participantes (nove anos), o clube tem jogadores amadores e poucas pretensões na competição. Se avançar pelo primeiro mata-mata já sairá satisfeito.

Já o Raja Casablanca reencontra o torneio após 13 anos. O time marroquino participou da primeira edição promovida pela Fifa, em 2000, mas foi eliminado na fase inicial perdendo, entre outros, para o Corinthians. Agora entrará como representante do país-sede após sagrar-se campeão do campeonato nacional. Em 30 jogos, foram 19 vitórias, nove empates e apenas duas derrotas.

Julio Cesar Aguilar - 01.mai.2013/AFP
Jogadores do Monterrey comemoram título da Liga dos Campeões da Concacaf
Jogadores do Monterrey comemoram título da Liga dos Campeões da Concacaf

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade

Envie sua notícia

Siga a folha

Publicidade

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade

Folha Shop

TV LED TV LED Smart, HDMI, Full HD a partir de R$ 899,90

Geladeira Geladeira Side By Side, Duplex, Frost Free a partir de R$ 849,00

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página