Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu

Seleção americana é a 1ª a se preparar no Brasil para Copa-2014

Publicidade

Chega nesta segunda-feira a primeira seleção da Copa do Mundo de 2014 que irá se preparar no Brasil.

Mas a equipe dos EUA vem para um período de 12 dias, sem seus titulares, numa espécie de prévia das atividades para a competição que começará em 12 de junho.

O time americano treinará no CT do São Paulo, no bairro da Barra Funda, na capital paulista.

"Não fizeram nenhuma exigência, nada de especial", disse o assessor da presidência do clube, José Francisco Mansur.

Na segunda-feira passada, uma equipe do FBI, a polícia federal americana, fez uma inspeção no CT. "Só estiveram observando. Não determinaram nada, nenhuma modificação", afirmou o dirigente.

Reprodução/Google Maps
Imagem aérea do centro de treinamento do São Paulo na Barra Funda
Imagem aérea do centro de treinamento do São Paulo na Barra Funda

"Haverá um esquema especial de segurança, nos mesmos moldes do planejado para as 32 seleções durante o Mundial, com ações como escolta em trajetos oficiais, uso de batedores e vistoria nos veículos", informou à Folha a assessoria de imprensa do Comitê Paulista da Copa.

"O trabalho é integrado entre as forças de segurança e trânsito municipal, estadual e federal. Não estão previstas interdições de vias", acrescentou.

Pelo período de treinos, a federação de futebol dos EUA pagará ao São Paulo um valor financeiro não revelado e divulgará a marca tricolor no seu site e nas redes sociais. A exposição de placas de publicidade e patrocinadores pertence exclusivamente aos anfitriões.

Ainda ocorrerá uma negociação, com cifras superiores, para confirmar a presença dos americanos no CT da Barra Funda em junho, antes e durante a Copa do Mundo.

Está agendado para quinta-feira um jogo-treino entre os visitantes e os são-paulinos. A seleção americana pediu mais um confronto, porém a comissão técnica tricolor ainda avalia se ele ocorrerá.

O time estreia oficialmente na temporada domingo, contra o Bragantino, fora de casa, pelo Campeonato Paulista. Três dias depois, encara o Mogi Mirim no Morumbi.

Durante a presença do selecionado americano, o elenco profissional do São Paulo treinará no CT de Cotia, na zona metropolitana da capital, que abriga suas categorias de base.

RESERVAS

Quase nenhum dos principais jogadores dos EUA vem desta vez.

O técnico alemão Jürgen Klinsmann convocou 25 jogadroes de clubes da MLS, a liga profissional americana, e um do Rosenborg, da Noruega.

Nove jamais atuaram pela seleção americana.

Foram chamados dez atletas que participaram das eliminatórias da Copa de 2014. Quatro já estiveram em Mundiais.

O grupo se exercita desde 6 de janeiro em Carson, na Califórnia. Voltará para lá no dia 25. Em 1º de fevereiro, acontece um amistoso contra a Coreia do Sul.

Rick Bowmer - 18.jun.2013/Associated Press
O ex-atacante alemão Klinsmann, técnico da seleção americana
O ex-atacante alemão Klinsmann, técnico da seleção americana

O período de treinos em janeiro, no inverno americano, durante paralisação da temporada, já aconteceu anteriormente. Agora, aproveitou-se a oportunidade para avaliar circunstâncias que eles encontrarão no Brasil às vésperas do Mundial.

Ex-atacante campeão mundial pela Alemanha, Klinsmann disse que a experiência serve para observar jogadores e conhecer as condições de trabalho no país da Copa. Ele visitou o Brasil algumas vezes em 2013.

"Lembro que jogar a Copa das Confederações em 2009 foi realmente um benefício quando voltamos para a África do Sul um ano depois [no Mundial]", atestou o mais experiente do elenco, o atacante Landon Donovan.

"É extremamente importante para obter um gostinho do que poderia vir em junho", opinou o zagueiro Brad Evans.

A capital paulista, porém, possui um verão quente e chuvoso. Em junho e julho, os meses do Mundial, normalmente o tempo é frio e seco.

LONGO TRAJETO

A equipe dos EUA tem o roteiro mais longo da primeira fase, com mais de 5.600 km entre as cidades que abrigarão seus jogos. Altas temperaturas e umidade são outras dificuldades que ela deve encontrar no percurso.

Estreia no Mundial em 16 de junho, contra Gana em Natal. No dia 22, enfrenta Portugal em Manaus. No dia 26, joga contra a Alemanha em Recife.

A seleção americana fará sua décima participação em Mundiais, a sétima consecutiva. Sua melhor campanha culminou com o terceiro lugar na primeira edição, em 1930, no Uruguai.

Editoria de Arte/Folhapress
Clique na imagem para imprimir a tabela da Copa (em PDF)
Clique na imagem para imprimir a tabela da Copa (em PDF)

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade

Siga a folha

Publicidade

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade

Folha Shop

TV Smart TV Smart HDMI, LED, Full HD a partir de R$ 999,99

Refrigerador Refrigerador Side By Side, Duplex, Frost Free a partir de R$ 849,00

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página