Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu

No mercado paralelo, ingresso da Copa sai pelo valor de até 3 carros populares

Mais opções
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
  • RSS

Assistir à final da Copa do Mundo no Maracanã, em 13 de julho, pode custar ao torcedor R$ 91,7 mil, o equivalente ao valor de três carros populares somados. E sem que o comprador tenha garantia de que entrará no estádio.

O mercado paralelo de venda ilegal de ingressos para o Mundial de 2014 chega a cobrar mais de 4.000% sobre o valor de tabela dos bilhetes.

O recordista é o site Iguana Tickets, baseado na Espanha. Ontem à noite, um ingresso de categoria 1 (melhor localização) para a decisão, cujo preço para os brasileiros no programa da Fifa é de R$ 1.980, saía por até R$ 91,7 mil.

Nos sites que negociam ingressos, entradas para os melhores assentos do Maracanã na final custam a partir de R$ 16 mil.

Mas não é apenas a decisão que movimenta esse mercado paralelo. Empresas virtuais como Ticket Network (EUA) e Live Football Tickets (Espanha) vendem bilhetes para todas as 62 partidas.

A entrada para um jogo do Brasil na primeira fase, por exemplo, pode custar quase R$ 20 mil nesses sites. Estudantes, idosos e beneficiários do Bolsa Família podem comprar ingresso para jogo da mesma fase, no meio oficial, por R$ 30.

Editoria de arte/Folhapress

FORA DA LEI

Segundo o Estatuto do Torcedor, a revenda de ingressos por um valor superior ao da bilheteria é crime passível de até dois anos de prisão. A Lei Geral da Copa, sancionada em 2012 para definir as regras do Mundial, também proíbe a negociação de entradas fora do site oficial da Fifa.

A Justiça brasileira, porém, tem dificuldade para coibir os cambistas virtuais, já que a maior parte dos sites estão hospedados no exterior, ou seja, fora de sua jurisdição.

Além disso, as empresas, que variam de pequenos a grandes sites, defendem-se alegando que não são elas que vendem as entradas.

"Fornecemos nossa plataforma para que consumidores comprem e vendam seus ingressos. As entradas não são nossas, são de vendedores que os compraram e anunciaram aqui", disse, em nota oficial, o Stub Hub, cuja sede fica nos EUA.

A Match, agência oficial da Fifa, informou que tem tentado bloquear na Justiça a venda de ingressos da Copa pelo Stub Hub e que já denunciou a Iguana Tickets tanto no Brasil quanto na Espanha, país onde o site está baseado.

A entidade já conseguiu algumas vitórias na Justiça. O site Fifa.br foi tirado do ar e o Viagogo tem as compras bloqueadas para computadores com endereço brasileiro.

"O que os torcedores precisam saber é que esses sites não estão autorizados pela Fifa e não são uma fonte legítima e segura de ingressos", afirmou a Match, em nota.

A Fifa já negociou 2,3 milhões dos 3,3 milhões de ingressos disponíveis. A próxima etapa de vendas começa em 12 de março e colocará no mercado 159 mil ingressos. A compra será direta, por ordem de chegada, e não por sorteio, como em fases anteriores.

COMPRADOR CORRE RISCO DE NÃO VER JOGO, DIZ PROCON

"O torcedor não deve comprar, em hipótese nenhuma, ingresso por um canal não oficial." A orientação da Fifa é repetida pelo diretor executivo do Procon-SP, Paulo Goés.

Segundo o órgão de defesa do consumidor, o torcedor que comprar ingressos de cambistas, sejam pessoas físicas ou empresas virtuais, pode acabar não vendo o jogo que deseja.

Além de pagar um preço exorbitante, o consumidor corre o risco de receber uma entrada falsa ou nenhum tíquete.

E mesmo que o ingresso seja verdadeiro, pode ser barrado na entrada, já que o bilhete não trará seu nome. A entidade promete conferir a identidade do dono do ingresso nos estádios.

Na Copa das Confederações, o sistema não funcionou, e muita gente entrou sem se identificar.

Mais opções
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
  • RSS

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade

Siga a folha

Publicidade

+ Livraria

Livraria da Folha

Jogo Roubado
Brett Forrest
De:
Por:
Comprar
Festa Brasil (DVD)
Vários
De:
Por:
Comprar
The Yellow Book
Toriba Editora
De:
Por:
Comprar
Futebol Objeto das Ciências Humanas
Flávio de Campos (Org.), Daniela A.
De:
Por:
Comprar
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Voltar ao topo da página