Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu

Thiago Silva pediu para não bater pênalti contra o Chile

Publicidade

O zagueiro Thiago Silva, capitão da seleção brasileira, disse que não estava confiante para cobrar pênalti na decisão com o Chile, vencida pelo Brasil por 3 a 2, sábado (28), no Mineirão.

Traumatizado com erros cometidos pelo seu time, o Paris Saint Germain, Thiago Silva pediu ao técnico Luiz Felipe Scolari para ser o último da fila.

"Bater pênalti é uma grande responsabilidade em casa e pedi a Deus para não chegar a minha cobrança", disse ele. "Errei dois dos três últimos e o Felipão me perguntou: 'Você pode ser o sexto?' Eu disse que não. Pedi para ficar como último da lista atrás até do Júlio César. Não estava confiante", completou.

O capitão da seleção disse que gostou do gesto de Paulinho, que virou reserva contra os chilenos, mas foi um dos atletas que mais motivou o grupo na decisão por pênaltis.

"O Paulinho era um cara que era titular e poderia estar desmotivado. Ele pediu a palavra, bateu no peito de cada um e disse que a família de todos estava aqui no Mineirão. Ele nos motivou ainda mais."

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Siga a folha

Publicidade

Livraria da Folha

Seleção Brasileira
Publicidade
Publicidade

Folha Shop

Geladeiras Geladeiras Frost Free, Duplex, a partir de R$ 862,20

Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

Celulares | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página