Nelson Gonçalves é enterrado no Rio de Janeiro

Cantor morreu no sábado aos 78 anos de parada cardíaca

AJB 19/04/98 17h56
Rio de Janeiro

Com uma bandeira do Flamengo sobre o caixão e uma faixa enrolada no corpo onde se lia "o mais carioca do Rio", foi sepultado neste domingo no cemitério São João Batista o cantor Nelson Gonçalves, o rei do rádio, o cantor da boêmia e um dos mais românticos intérpretes da música brasileira. Um carro do Corpo de Bombeiros levou o caixão da Câmara dos Vereadores, no Centro, até o cemitério, em Botafogo. O cortejo seguiu lentamente pelo Aterro, Praia do Flamengo e Praia de Botafogo e muitas pessoas fizeram o trajeto a pé, acompanhando o carro que levava o corpo. O velório do cantor na Câmara dos Vereadores do Rio atraiu, desde as duas e meia da madrugada, cerca de 600 pessoas entre fãs, parentes, amigos e artistas como Ângela Maria, Jerry Adriani, Fagner, Agnaldo Timóteo e Emilinha Borba.

O prefeito Luiz Paulo Conde foi ao velório e decretou luto oficial por três dias. Ele anunciou que a Praça da Lapa vai ser rebatizada de Praça Nelson Gonçalves. Os sete filhos dos três casamentos de Nelson estavam no velório. O cantor estava separado há mais de um ano da última mulher, Maria Luiza, e morava há um ano e três meses com a filha Margarete, do segundo casamento: "Ele estava com enfisema há uns 10 anos e sentia sempre falta de ar. O enfarto foi de repente. Ele não disse nada, morreu em 15 minutos. Não esperava que a morte viesse agora", disse a filha.

O maior parceiro de Nelson Gonçalves, Adelino Moreira, autor de 332 músicas gravadas pelo cantor, estava emocionado no velório. Adelino, que é português do Porto, garante que Nelson nasceu mesmo foi em Portugal, apesar de nunca ter admitido isso. "Nelson dizia que se tivesse revelado que nasceu em Portugal teria perdido a metade do valor", disse Adelino. Ele contou que, a pedido do pai de Nelson, Adelino era encarregado de tomar conta do cantor quando ele ia para a boêmia.


 

   
Pesquise em outras páginas através do Radar UOL

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo
desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,
sem autorização escrita do Universo Online ou do detentor do copyright.