Índice | Próxima

Tentativa de fuga acaba com um preso morto no Guarujá

Agência Folha 29/10/1999 01h14
São Paulo

Uma rebelião na cadeia pública do Guarujá provocou a morte de um detento por volta das 17h de quinta-feira.

Segundo a Polícia Militar, Fábio Amaral Ferreira, 24, simulou um mal-estar e logo chamou o carcereiro. Ferreira estava armado com um revólver calibre 38 (com numeração raspada) e rendeu o funcionário, juntamente com cinco presos que estavam na cela.

Na fuga, André Augusto da Silva, 27, Edirlei Pereira da Silva, 21, José Carlos Lourenço, 27, Fábio Bittencourt de Carvalho, 20, e Luciano Pereira dos Santos, 22, foram recapturados pelos policiais.

Ferreira, que resistiu à prisão, foi atingido por vários tiros. Encaminhado ao hospital Santo Amaro, não suportou os ferimentos.

A cadeia pública do Guarujá tem capacidade para 60 presos, mas abrigava 207 detentos.

(José de Oliveira Júnior)


Índice | Próxima


Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo
desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,
sem autorização escrita do Universo Online ou do detentor do copyright.