Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
27/09/2005 - 12h33

Manipulação genética reverte calvície em ratos

da BBC Brasil

Cientistas acreditam que a manipulação de genes das células capilares pode pôr fim à perda de cabelo. Pesquisadores conseguiram fazer crescer pêlo em um rato usando técnicas para corrigir uma mutação genética.

O estudo, conduzido por especialistas do Instituto de Pesquisas Kennedy Krieger e pela Universidade John Hopkins (Estados Unidos), foi divulgado pela revista americana "Proceedings of the National Academy of Sciences".

Mutações genéticas --tanto em seres humanos como em animais-- podem interromper o processo natural do crescimento de pêlos e cabelos.

O gene relativo ao crescimento de cabelo pode sofrer mutação e provocar queda capilar ao liberar um tipo de proteína que inibe o crescimento de novos fios. A substância tende a se acumular e, se não tratada, pode provocar a calvície completa.

Crescimento de cabelo

Metade dos homens tem calvície até os 50 anos de idade, embora haja várias causas para a perda de cabelos. A mutação genética é apenas uma delas.

Em seres humanos e ratos com este tipo de mutação, o crescimento capilar é normal. No entanto, uma vez que o cabelo cai não há novo crescimento, o que resulta em calvície completa.

Os pesquisadores descobriram que, ao introduzir um gene normal em um rato careca, o processo de nascimento de pêlos foi retomado e a calvície desapareceu.

Os especialistas dizem que a descoberta ajuda na compreensão do processo de crescimento de cabelo e no desenvolvimento futuro de novas terapias para o combate à calvície.

A pesquisadora que comandou o projeto, Catherine Thompson, disse que "os cabelos são mantidos por meio de um processo cíclico que inclui regeneração dos folículos capilares. Este ciclo que depende do funcionamento de células específicas".

"O mal-funcionamento do gene responsável pelo desenvolvimento capilar causa um fenótipo de pele complexo, que inclui problemas na etapa de regeneração dos folículos tanto em seres humanos como em animais, como o rato", finalizou.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre calvície
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página