Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
24/02/2008 - 02h55

Ex-deputado de Alagoas cobra "dinheiro de corrupção"; ouça gravação feita pela PF

Publicidade

SÍLVIA FREIRE
da Agência Folha, em Maceió

Gravações telefônicas feitas pela Polícia Federal com autorização da Justiça mostram deputados e ex-deputados estaduais de Alagoas cobrando o recebimento de parcelas de um suposto esquema criminoso que desviou cerca de R$ 280 milhões da Assembléia Legislativa e da União e durou de 2001 até o ano passado.

Em uma das gravações obtidas pela Folha, o ex-deputado Gilberto Gonçalves (PMN) liga para o então diretor de recursos humanos da Assembléia, Roberto Menezes, e cobra dele o recebimento de dinheiro.

TEXTO

As gravações, feitas em março e abril de 2007, fazem parte do inquérito da PF que resultou na Operação Taturana, de dezembro do ano passado, na qual 41 pessoas suspeitas de integrarem a organização foram presas e dez deputados estaduais alagoanos --entre eles o presidente da Assembléia, Antônio Albuquerque (DEM), apontado como líder do esquema-- foram indiciados sob suspeita de desvio de dinheiro público.

http://media.folha.uol.com.br/brasil/2008/02/23/deputados.mp3

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página