Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
05/11/2004 - 14h05

Marta oferece ajuda a Serra para renegociação da dívida

Publicidade

MILENA BUOSI
da Folha Online

A prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), ofereceu ao prefeito eleito, José Serra (PSDB), ajuda para a renegociação da dívida do município junto ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A ajuda, no entanto, seria condicionada à continuidade, na gestão tucana, de projetos sociais criados por Marta, como o CEU (Centro Educacional Unificado).

O ex-ministro Clóvis Carvalho, escolhido por Serra para coordenar a equipe de transição, disse ter recebido a notícia com satisfação. "O PSDB vê com a maior satisfação contar com a ajuda e o trabalho da prefeita Marta Suplicy junto ao governo federal", disse. A dívida do município é de cerca de R$ 27 bilhões.

A prefeita também teria se mostrado disposta a intervir a favor do governador Geraldo Alckmin (PSDB) sobre o mesmo tema, caso o tucano avalie ser necessário.

Carvalho reuniu-se hoje com o secretário de Governo de Marta, Rui Falcão, chefe da equipe de transição da petista, no Palácio do Anhangabaú, sede da prefeitura.

Transição

Segundo Carvalho, o encontro serviu para mostrar ao governo petista quais são as prioridades, no momento, da equipe de Serra, em obter informações sobre a administração.

A equipe do tucano se concentrará em conhecer a estrutura da prefeitura e seu organograma, como gasto com salários e número de funcionários; diagnosticar a situação na área da saúde; conhecer o fluxo de caixa da prefeitura; e obter informações sobre programas e obras contra enchentes e deslizamentos.

O ex-ministro afirmou que a área da saúde é prioritária e que a equipe tucana quer assegurar que, desde o primeiro dia do novo governo, sejam implantados programas de abastecimento de remédios.

As informações da prefeitura, segundo Carvalho, serão fornecidas, basicamente, por meio de endereços eletrônicos e eventuais encontros. A equipe de Serra deverá montar um escritório para abrigar a equipe de transição. Os tucanos não terão uma sala dentro do Palácio do Anhangabaú.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre Marta Suplicy
  • Leia o que já foi publicado sobre José Serra
  • Leia mais notícias no especial Eleições 2004
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página