Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
09/08/2005 - 09h03

Juiz livra Dirceu de depoimento em Santo André

Publicidade

da Folha de S.Paulo

O ex-ministro e deputado federal José Dirceu (PT-SP) obteve ontem na Justiça uma liminar suspendendo a audiência da qual deveria participar hoje, na 8ª Vara Cível de Santo André, com o irmão do prefeito assassinado Celso Daniel (PT), João Francisco, que o acusou de receber propina.

A acusação envolvendo o ex-ministro foi feita em 2002, após a morte de Daniel. Em abril do ano passado, Dirceu acionou João Francisco na Justiça por danos morais. A audiência de hoje marcaria a abertura desse processo.

Apesar de ser o autor da ação, Dirceu não queria depor em Santo André para evitar repercussão da mídia.

A Justiça entendeu que como deputado, ele tem a prerrogativa de determinar local e data para ser ouvido.

João Francisco acusa envolvimento de Dirceu em esquema de propina que se relacionaria à morte de Daniel.

Leia mais
  • Depoimento de sócio de Marcos Valério é adiado
  • Sacadores de Duda trabalhavam para doleiro
  • Advogado da Gtech entra com liminar e se livra de depor na CPI dos Bingos

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre Celso Daniel
  • Leia o que já foi publicado sobre José Dirceu
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página