Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
18/08/2005 - 16h37

Operação Curupira prende 16 pessoas por extração ilegal de madeira

Publicidade

da Folha Online

A Polícia Federal realiza nesta quinta-feira a Operação Curupira 2, que tem o objetivo de prender pessoas envolvidas com a extração ilegal de madeiras e encontrar serrarias ilegais. Cerca de 22 pessoas já tiveram a prisão preventiva decretada e, destas, 16 já foram presas.

A operação, que conta com o apoio do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) e do Ministério Público Federal, acontece até amanhã em Giparaná (RO), São Francisco (RO), Rondolândia (MT) e Aripuanã (MT).

O estado do Mato Grosso, por exemplo, se tornou um dos principais fornecedores de madeira do país e tem sido alvo de denúncias de irregularidades na extração e na venda de madeira.

Em 2 de junho, iniciou-se a primeira parte da Operação Curupira, que desfez uma quadrilha que há 14 anos atuava na região e fraudava autorizações para a exploração de madeira. Foram presos 47 servidores do Ibama e também empresários e despachantes suspeitos de participarem do esquema.

Ao todo, 124 mandados de prisão foram expedidos e cerca de 80 prisões foram efetuadas em junho.

Com Agência Brasil

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre extração ilegal de madeira
  • Leia o que já foi publicado sobre a Operação Curupira
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página