Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
10/02/2005 - 14h06

Serpentes venenosas desconhecidas são encontradas em Honduras

Publicidade

da France Presse

Reprodução/Honduras Indomita
Atropoides-sp
Atropoides-sp
Cientistas da Universidade do Texas e da Fundação Honduras Indomita descobriram duas espécies de serpentes venenosas em uma zona selvagem do nordeste de Honduras, informaram membros da missão.

Estas serpentes pertencem aos gêneros Atropoides e Cerrophidion, da família Viperidae. Os estudos de DNA que determinaram a origem das serpentes foram feitos pelo doutor Erick Smith, anunciou a Fundação.

Reprodução/Honduras Indomita
Cerrophidion-sp
Cerrophidion-sp
Os especialistas fizeram duas viagens à Sierra de Botaderos --entre os municípios de Olancho e Colón-- para documentar as espécies de anfíbios e répteis.

Uma das viagens foi no verão e a outra, no inverno. Em ambas, foram exploradas áreas entre os 600 e 1.600 metros de altitude, com monitoramentos diurnos e noturnos no bosque e leitos de quebradas. Ao todo, foram identificadas 16 espécies de anfíbios e 28 de répteis.

A expedição observou ainda um baixo número de anfíbios nas áreas mais altas da Sierra de Botaderos.

O Honduras Indomita é um grupo sem fins lucrativos que tem como objetivo identificar, documentar e divulgar as riquezas naturais e culturais do país centro-americano.

Leia mais
  • USP acha a serpente mais antiga do Brasil

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre serpentes
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Smart TV Smart TV Diversas ofertas a partir de R$ 856,11

    Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

    Celulares | Tênis | Mais...

    Voltar ao topo da página