Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
15/03/2006 - 13h16

Descoberto mecanismo celular de defesa contra o HIV

Publicidade

da Efe, em Washington

Cientistas da Universidade Estadual de Ohio (EUA) descobriram um mecanismo celular contra o vírus da Aids que pode abrir caminho para uma nova estratégia médica contra a doença.

Em artigo publicado na revista "Proceedings of the National Academy of Sciences", os cientistas do Centro Integral contra o Câncer (CCC, na sigla em inglês) afirmam que duas proteínas que normalmente reparam o DNA também podem destruir o DNA do Vírus de Imunodeficiência Humana (HIV) quando este invade uma célula.

Segundo os pesquisadores, o DNA do HIV é essencial para a sobrevivência e reprodução do vírus que causa a aids. Atualmente, os tratamentos contra a doença usam uma combinação de medicamentos que não eliminam o HIV do corpo, mas neutralizam sua capacidade de propagação e multiplicação.

"Nossa descoberta identifica um novo alvo potencial para um remédio", diz Richard Fishel, professor de virologia molecular, imunologia e genética molecular e diretor do estudo.

O cientista acrescenta que os resultados dos experimentos realizados com as proteínas confirmam que estas participam da destruição do DNA do HIV. "Esse processo reduz o volume do DNA do HIV que pode atingir os cromossomos e protege com isso as células de uma infecção", acrescentou.

A próxima tarefa será determinar a forma com que as proteínas destroem o DNA do vírus, o que poderia ajudar na criação de medicamentos que ajudariam essas proteínas a destruírem uma maior quantidade de DNA, afirmam.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre pesquisas sobre o HIV
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página