Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
28/12/2008 - 21h32

Relógios serão ajustados em 1 segundo na virada do ano

Publicidade

da Efe, em Washington

O ano de 2009 começará oficialmente um segundo mais tarde, depois que os relógios do mundo forem ajustados à rotação cada vez mais lenta do eixo da Terra, anunciou neste domingo o Observatório Naval dos Estados Unidos.

Desta maneira, quando os relógios marcarem, na quarta-feira, as 23:59:59 do chamado "tempo universal", mais conhecido como meridiano de Greenwich, será somado um segundo.

O observatório, que tem a seu cargo a manutenção do "relógio mestre" do Pentágono, disse que o ritmo de variação da rotação da Terra "ocorre a taxas sempre em transformação afetadas pelas marés e outros fatores".

"Este é o 24º segundo adicional que se acrescenta ao horário universal, uma escala uniforme de medição do tempo mantida por relógios atômicos no mundo todo desde 1972", acrescentou o comunicado do Observatório.

"Historicamente, a medição horária do tempo se relacionou com a rotação média da Terra com relação a corpos celestiais e o segundo se definia neste marco de referência", explicou a instituição.

A invenção dos relógios atômicos definiu um "tempo atômico" de escala muito mais precisa e um segundo que é independente da rotação do planeta.

Em 1970, um acordo internacional estabeleceu duas escalas de medição do tempo: uma relacionada com a rotação da Terra e a outra no tempo atômico.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página