Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
15/05/2003 - 07h31

Eclipse lunar acontece na noite de hoje

SALVADOR NOGUEIRA
da Folha de S.Paulo

São poucos os fenômenos astronômicos que permitem a observação feita a olho nu e a partir de grandes centros urbanos. O eclipse lunar que ocorre hoje à noite deve ser uma dessas raras ocasiões --se o tempo ajudar.

Para observadores em qualquer lugar do Brasil, a única coisa que pode prejudicar é a presença de nuvens. Caso o céu esteja limpo, será possível ver a Lua ser escurecida vagarosamente, como se uma enorme sombra estivesse se projetando sobre ela, até que o satélite ganhe um bonito e sombrio tom avermelhado, cor de cobre.

Com efeito, a Lua está mesmo sendo coberta por uma sombra --a da Terra. O fenômeno ocorre quando Sol, Terra e Lua se alinham, de modo que a luz solar é bloqueada pelo planeta e não consegue atingir o satélite, que escurece.

Editoria de Arte/Folha Imagem

Observar a Lua nunca exigiu precauções especiais, e a situação aqui não é diferente. Entretanto, se houver possibilidade, nunca é demais tirar o pó daquele velho binóculo e observar em detalhes a superfície lunar ser gradualmente coberta pela sombra terrestre.

O evento se divide em duas etapas. Na primeira, a Lua está atravessando a penumbra, região em que apenas parte dos raios solares é bloqueada pela Terra. No ápice do fenômeno, quase toda a luz é bloqueada, e apenas alguns raios do Sol que atravessam a atmosfera terrestre e são curvados na direção da Lua iluminam a superfície do satélite. O resultado é um aspecto avermelhado, de pouco brilho, temporariamente emprestado à companheira da Terra.

Editoria de Arte/Folha Imagem

A Lua é o único satélite natural do planeta e tem cerca de um quarto do diâmetro da Terra. Sua distância média da superfície é de aproximadamente 384 mil quilômetros. O fenômeno começa a se tornar visível por volta das 23h e deve ir até depois das 2h de sexta-feira.

Algumas instituições estão organizando eventos para a observação do eclipse. O Planetário da Cidade do Rio de Janeiro, por exemplo, vai estar aberto à visitação durante a madrugada e os telescópios da instituição serão usados para que o público possa observar o fenômeno. Mais informações pelo tel. 0/xx/21/2274-0046. A instituição estará transmitindo o eclipse pela internet (www.rio.rj.gov.br/planetario).

O Centro de Estudos do Universo, em Brotas (SP), também organizou um evento para a observação do fenômeno.

Leia mais
  • Eclipse funde ciência e mitos em milênios de história
  • Leia curiosidades sobre os eclipses
  • Observadores se preparam para o eclipse
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Fogão Fogão De diversas marcas a partir de R$ 358,20

    Notebook Notebook Windows 8, LED, Intel" Core a partir de R$ 799,00

    Home Theater | Tênis | Mais...

    Voltar ao topo da página