Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
21/10/2004 - 22h30

PF prende Duda Mendonça em "briga de galo" no Rio

Publicidade

JANAINA LAGE
CLARICE SPITZ

da Folha Online, no Rio e em SP

O publicitário Duda Mendonça, responsável pela campanha do PT em São Paulo, foi preso em flagrante na noite desta quinta-feira durante uma operação da Polícia Federal de repressão às rinhas de galo num sítio entre Recreio dos Bandeirantes e Jacarepaguá, zona oeste do Rio de Janeiro.

De acordo com a Polícia Federal, mais de 200 pessoas estavam no local, entre elas o vereador reeleito no Rio pelo PT, Jorge Babu. Eles devem ser encaminhados à sede da Superintendência da PF na praça Mauá (região central).


Jorge Araújo/Folha Imagem
O publicitário Duda Mendonça
Foram encontrados R$ 8.000 em dinheiro e vários cheques em branco. O ingresso para participar, nesta noite, custava R$ 50. O volume médio de apostas por luta é de R$ 50 mil. Hoje, dois carros Gol serviriam de prêmio.

No casarão, havia três arenas, duas pequenas e uma grande, além de viveiros. A polícia também recolheu placares e cerca de cem animais, alguns machucados.

Segundo o delegado da Polícia Federal responsável pelo caso, Antonio Carlos Rayol, da Delemaph (Delegacia de Meio Ambiente e Patrimônio Histórico), Duda Mendonça declarou ser sócio do local.

O delegado disse que a operação foi motivada por denúncias de órgãos de defesa dos animais.

Crime Ambiental

A prática é considerada crime ambiental e se enquadra no artigo 32 da legislação ambiental, que prevê pena de detenção de três meses a um ano, além de multa. A pena pode ser aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.

O artigo condena "o ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos".

De acordo com o delegado-substituto e chefe do setor de Inteligência da Polícia Federal, Lorenzo Pompilio da Hora, 45, Duda Mendonça poderá responder também por formação de quadrilha, conforme prevê o Código Penal.

Outro lado

Aos jornalistas, Duda Mendonça declarou não ter vergonha de nada, disse se tratar de um hobby antigo e que não estava fazendo nada de errado.

"O Brasil todo sabe que eu gosto de rinha de galo e sabe que esse é o meu hobby", disse.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre Duda Mendonça
  • Leia o que já foi publicado sobre rinhas
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página