Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
15/06/2005 - 09h28

PF descobre plano de resgate de Beira-Mar

Publicidade

JOSÉ MESSIAS XAVIER
Colaboração para a Folha de S.Paulo, no Rio

Investigadores federais descobriram um plano de resgate dos presidiários Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, do seqüestrador chileno Maurício Hernandez Norambuena, e de Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola, um dos líderes do PCC (Primeiro Comando da Capital).

Rafael Ruas/AP
Fernandinho Beira-Mar
Fernandinho Beira-Mar
Eles seriam libertados da carceragem da penitenciária de Presidente Bernardes (589 km de SP), por 80 homens das facções criminosas PCC, de São Paulo, e do Comando Vermelho (CV), do Rio.

Segundo um relatório da Polícia Federal, a que a Folha teve acesso, o grupo estaria fazendo um levantamento da estrutura da penitenciária e das forças policiais que protegem o local. Usariam um trator ou veículo blindado para arrombar o portão principal da penitenciária e invadi-la.

Simultaneamente, deflagrariam rebeliões em duas outras unidades prisionais paulistas para dividir as forças policiais e desviar a atenção do alvo da ação dos criminosos.

A investigação da PF revela que um advogado de Fernandinho Beira-Mar, que não foi identificado, conversou com uma das mulheres do traficante, revelando o plano de resgatá-lo. Beira-Mar pagaria R$ 500 mil pela liberdade.

Corre no Tribunal de Justiça do Rio um recurso impetrado pelos advogados de Beira-Mar pedindo a suspensão do regime disciplinar diferenciado (RDD) em Presidente Bernardes. Eles alegam que o traficante já cumpriu o prazo máximo de 80 dias fixado por lei para que uma pessoa fique submetida ao RDD. Ele está sob o regime desde maio de 2003. Caso saia, poderá ser transferido para outra unidade prisional.

O suposto plano para resgatar Beira-Mar seria financiado por Orlando Marques dos Santos, o Velho Orlando, e Gilberto de Oliveira Filho, o Bilica. Estaria sendo preparado por integrantes da quadrilha de José Mário Ferreira, o Zé Mário. Todos estão cumprindo pena em São Paulo.

Fuzis, metralhadoras e lançadores de bombas estariam sendo requisitados a traficantes ligados ao CV no Rio e a Alexandre Pires Ferreira, o Maskara, em São Paulo, para serhem usados na ação. Em liberdade, Beira-Mar fugiria para Assunção, capital do Paraguai, segundo um de seus advogados informou para uma das mulheres do traficante.

De acordo com os investigadores federais, Beira-Mar também estaria se associando a Roberto Soriano, o Betinho, para organizar a distribuição de armas e drogas no Rio de Janeiro e em São Paulo. Segundo o traficante confidenciou a um advogado, designado por ele para encontrar-se com Betinho na penitenciária de Araraquara e fechar o negócio, "a logística de Soriano é perfeita e ele consegue abastecer sua região, principalmente a favela de Heliópolis, em São Paulo", disse Beira-Mar.

O plano de resgate também contaria, segundo o relatório da PF, com um grupo estrangeiro, possivelmente o Movimento de Esquerda Revolucionário (MIR, na sigla em espanhol), do Chile.

O interesse do grupo seria libertar Norambuena, que cumpre 30 anos de prisão por participar do seqüestro do publicitário Washington Olivetto, em 11 de dezembro de 2001. Olivetto foi libertado depois de 56 dias de cativeiro.

A libertação de Marcola, apontado pela polícia como chefão do PCC, no entanto, não seria para que ele fugisse da cadeia. Segundo o relatório policial, ele seria executado para que outros integrantes ascendessem na organização.

O diretor de Combate ao Crime Organizado da Polícia Federal, delegado Getúlio Bezerra, que comandou a unidade que levou Beira-Mar à prisão, disse à Folha que as informações do relatório não serão comentadas pela PF.

No relatório, constam ameaças ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e ao secretário de Administração Penitenciária, Nagashi Furukawa.

A Folha não conseguiu localizar os advogados de Beira-Mar e dos supostos envolvidos no plano.

Leia mais
  • Adolescentes libertam reféns e rebelião na Febem chega ao fim
  • Número de degolados em rebelião no interior de SP pode chegar a 7

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre Fernandinho Beira-Mar
  • Leia o que já foi publicado sobre o PCC
  • Leia o que já foi publicado sobre o Comando Vermelho
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página