Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
08/08/2005 - 13h18

Quadrilha escava túnel e faz assalto milionário no Banco Central no CE

Publicidade

da Folha Online

Uma quadrilha assaltou neste fim de semana a sede do Banco Central em Fortaleza (CE). Segundo estimativa inicial da polícia, o grupo teria levado cerca de R$ 150 milhões --seria o maior assalto a banco já ocorrido no país e um dos maiores do mundo.

O crime foi descoberto na manhã desta segunda-feira. Para entrar no local, os criminosos cavaram um túnel de cerca de 80 metros de extensão e arrombaram o piso da casa-forte. A construção do túnel foi sustentada e revestida por tábuas de madeira e lonas plásticas e contava com iluminação.

O túnel ligava uma casa localizada na rua 25 de Março à casa-forte do Banco Central. A Polícia Federal afirma que foram encontradas ferramentas, como furadeira, serra elétrica e maçarico, no interior do túnel.

Em nota, o Banco Central afirma que o valor levado ainda não foi apurado. "Foram violados cinco contêineres, que guardavam cédulas de R$ 50. As notas haviam sido recolhidas pela rede bancária e teriam seu estado de conservação analisado pelo Departamento do Meio Circulante. Após a análise, parte das cédulas seria encaminhada de volta ao sistema financeiro e parte seria incinerada", diz um trecho da nota.

De acordo com o Banco Central, a casa-forte tem uma área de cerca de 500 metros quadrados. Ela tem paredes de dois metros de espessura, revestidas de concreto e malhas de aço. Como ocorre em todos os finais de semana, o cofre foi fechado às 18h de sexta-feira e reaberto às 8h desta segunda.

A Polícia Federal, que investiga o assalto, diz que o cofre possuía sensores de movimento e câmeras de vigilância, que não dispararam. Cerca de dez homens teriam participado da ação.

Antes, o maior assalto a banco do país havia sido registrado em julho de 1999, quando 15 homens assaltaram uma agência do Banespa localizada no centro de São Paulo e levaram, em valores atualizados, cerca de R$ 70 milhões.

Em julho de 1990, o Banco Central em Salvador foi alvo de uma quadrilha que levou o equivalente a R$ 53 milhões. No ano seguinte, o assalto ocorreu no Banco Central em Recife, e os ladrões levaram quase R$ 28 milhões.

Leia mais
  • Homem que caiu de montanha-russa respira com ajuda de aparelhos
  • Criança morre após ser esfaqueada por vizinho
  • Seis crianças ficam feridas em acidente na zona sul de São Paulo

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre roubos a bancos
  • Leia o que já foi publicado sobre o Banco Central
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Geladeiras Geladeiras Frost Free, Duplex, a partir de R$ 862,20

    Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

    Celulares | Tênis | Mais...

    Voltar ao topo da página