Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
08/09/2005 - 23h16

Bloqueio de neve detém caminhoneiros nos Andes por 15 dias

Publicidade

LÉO GERCHMANN
da Agência Folha, em Porto Alegre

Um grupo de cerca de 200 caminhoneiros brasileiros, argentinos e chilenos terminou um drama que os detinha em meio à neve da Cordilheira dos Andes, entre a Argentina e o Chile, havia 15 dias. Do total, aproximadamente metade eram brasileiros --especialmente gaúchos e catarinenses.

Uma primeira leva conseguiu passar pelo bloqueio de neve no domingo e chegou nesta quinta-feira ao Rio Grande do Sul. Eram 11 caminhões apenas da empresa Transportes Pellenz, de Caxias do Sul. Outros 35 da mesma empresa seguiram ontem para o Chile, destino das cargas.

As duas semanas só não foram piores porque os caminhões costumam ter calefação, e os profissionais usam macacões térmicos apropriados para ultrapassar a geleira. No caso da Pellenz, os produtos transportados não eram perecíveis. Quando eram, de acordo com o supervisor da empresa, Rafael de Lima, a própria temperatura ambiente ajudava na conservação.

Os caminhoneiros dormiam nos caminhões e tinham acesso a mercados e postos telefônicos nas estradas.

"Não chegou a ser um grande drama porque estávamos preparados. Mas o contato com a família pelo telefone sempre era aguardado. O cara, no meio daquele gelo todo, sente muita solidão", disse o caminhoneiro Fabiano Bortoluzzi, 29, que chegou ontem a Caxias do Sul.

Bortoluzzi conta que o transporte, mesmo quando permitido, é difícil na região. "Levamos oito horas para percorrer 40 quilômetros." "Vi uns 50 caminhões sem condições de uso. O meu próprio teve o motor congelado."

O problema era mais a sensação térmica e o fato de ficarem parados por muito tempo. A temperatura ficava um pouco acima de 0ºC.

À tarde, um grupo dos que seguiram até o Chile já havia chegado a seu destino. Outros caminhões permaneciam no engarrafamento de entre 35 e 40 quilômetros que se estendia entre Mendoza (Argentina) e o Chile. Havia segurança para o tráfego.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre os Andes
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Geladeiras Geladeiras Frost Free, Duplex, a partir de R$ 862,20

    Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

    Celulares | Tênis | Mais...

    Voltar ao topo da página