Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
10/07/2006 - 18h18

Idosa guardava 250t de lixo em casa em bairro nobre de São Paulo

Publicidade

da Folha Online

A Prefeitura de São Paulo retirou, entre as 17h de domingo (9) e as 14h desta segunda, 24 caminhões de lixo de uma casa na rua João Cachoeira, no Itaim Bibi (zona oeste), um dos bairros mais valorizados da cidade.

LC Murauskas/FI
Idosa espanhola guardava 250t de lixo em casa em bairro nobre de São Paulo
Idosa espanhola guardava 250t de lixo em casa em bairro nobre de São Paulo
Incomodados com o cheiro forte que vinha da casa, vizinhos chamaram a polícia, suspeitando que a idosa que mora no local --a espanhola Violeta Martinez, 78-- havia morrido.

Policiais estiveram no local, mas não obtiveram resposta ao bater na porta, que acabou sendo arrombada. A idosa não estava na casa. De acordo com a Subprefeitura de Pinheiros, a casa tinha móveis velhos, latas vazias, restos de comida, bicicletas destruídas além de outros tipos de entulho que Martinez levava para casa.

Na tarde de ontem, a subprefeitura iniciou uma operação para retirar todo o material do local e levá-lo a um aterro sanitário. Vinte e quatro caminhões com o lixo já foram retirados do local, totalizando 72 toneladas. A estimativa da subprefeitura é de que a casa armazenava 250 toneladas de lixo.

Na tarde desta segunda-feira, a idosa se apresentou no 15º DP (Itaim Bibi) com seu filho, o que levou a Polícia Civil a determinar que a operação de retirada do lixo fosse interrompida, medida acatada pela subprefeitura. A idosa e seu filho foram indiciados por crime contra a saúde pública.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre saúde pública
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página