Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
01/06/2001 - 11h13

Veja como é feita a cirurgia da tireóide

Publicidade

do Agora

A prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), 56, será submetida neste domingo (03) a uma cirurgia para retirada de três nódulos da tireóide. O tempo de cirurgia é de cerca de 2h.

Veja os passos:

1 - Corte na base do pescoço, seguindo as linhas da pele;

2 - Retirada de parte da glândula onde está o nódulo;

3 - Nódulo é congelado, fatiado e examinado no microscópio.

Se o exame detectar que o nódulo é maligno, toda a glândula é retirada. O paciente tem de tomar hormônios tiroidianos pelo resto da vida.

Se o exame detectar que o nódulo é benigno, o paciente continua com vida normal, apesar de ter sido removida parte da glândula.

O nódulo removido passa por exames mais aprofundados após a cirurgia. Se detectado que a lesão era maligna, tem de ser feita a cirurgia de retirada da glândula.

As informações foram passadas por Antônio Roberto Chacra, professor-titular de Endocrinologia da Universidade Federal de São Paulo.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Smart TV Smart TV Diversas ofertas a partir de R$ 856,11

Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

Celulares | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página