Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
25/07/2001 - 17h19

Marcelo Borelli é condenado a 172 anos por torturar menina de 4 anos

Publicidade

da Folha Online

Marcelo Moacir Borelli foi condenado hoje a 172 anos de prisão por torturar uma menina de 4 anos. A agressão foi filmada pelo próprio Borelli e exibida no "Programa do Ratinho". A garota era filha de um dos inimigos do criminoso.

Ele permanece preso em Brasília e já havia sido condenado pela Justiça Federal do Paraná a cinco anos de prisão, por contrabando de armas.

O Ministério Público pediu à Justiça condenação de 236 anos _pena contestada pela defesa que requisitou a nulidade do processo.

Marcelo Borelli participou em maio da primeira rebelião de presos numa Superintendência da Polícia Federal, em Brasília. Na época, ele reivindicou ser transferido para Curitiba. Borelli manteve o chefe da custódia como refém por cinco horas usando uma arma feita de sabonete e madeira.

Acusado de participar do sequestro de um Boeing da Vasp, no ano passado, o assaltante voltou a Brasília em razão de a carceragem da PF em Curitiba apresentar "deficiência estrutural".
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

TV LED TV LED HDMI, Full HD a partir de R$ 899,90

Geladeira Geladeira Side By Side, Duplex, Frost Free a partir de R$ 849,00

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página