Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
16/09/2001 - 15h21

Avião da TAM acidentado em Minas havia sido revisado no mês passado

Publicidade

LÍVIA MARRA
da Folha Online

A TAM divulgou hoje nova nota sobre o acidente ocorrido ontem em Minas. Segundo a empresa, o Fokker 100 que fazia o vôo 9755 [Recife-São Paulo] havia passado por revisão no mês passado.

A despressurização da cabine provocou a morte de uma pessoa e ferimentos em outras três. A aeronave fez um pouso forçado no aeroporto de Confins (MG), por volta das 20h45.

"O Fokker que fazia o vôo Recife - Campinas, fabricado em 1994, tinha apenas sete anos de uso e foi comprado pela TAM diretamente do fabricante. O motor Rolls Royce foi revisado pelo fabricante recentemente e a última revisão da aeronave realizada em Agosto de 2001, estando rigorosamente em dia com seu plano de manutenção", afirma a nota.

No avião viajavam 82 passageiros. Marlene Aparecida Sebastião dos Santos, 48, morreu. Os três feridos foram liberados no próprio aeroporto, conforme a TAM.

A TAM ainda não deu detalhes sobre o acidente. A empresa informou apenas que a despressurização pode ter sido provocada por uma pane no motor direito.

Um objeto teria se desprendido da turbina, atingindo a fuselagem e a janela próxima à poltrona ocupada pela vítima, provocando a despressurização.

A empresa afirma na nota que prestou "toda assistência à família da vítima, bem como aos demais passageiros, incluindo atendimento médico e psicológico".

As causas do acidente estão sendo investigadas.

Leia mais sobre acidentes aéreos
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Geladeiras Geladeiras Frost Free, Duplex, a partir de R$ 862,20

TV TV LED, 3D, FULL HD e Smart a partir de R$ 399,90

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página