Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
01/11/2005 - 07h46

Recadastramento de aposentados do INSS começa hoje

Publicidade

da Folha Online

Começa hoje o recadastramento de aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Nesta primeira etapa, que vai até março, 2,5 milhões de beneficiários deverão atualizar seus dados no cadastro do INSS.

Nessa primeira fase serão recenseados beneficiários que possuem algum tipo de divergência ou falta de informação em seu cadastro.

Na segunda etapa do censo previdenciário, que vai de março a dezembro de 2006, serão recadastrados 13,1 milhões de aposentados e pensionistas do INSS.

Para saber se está incluído na primeira ou segunda etapa do censo, o aposentado pode acessar o site da Previdência (www.previdencia.gov.br) e informar o número de seu benefício. O aposentado também terá outras maneiras para saber a data de seu recadastramento. O site da Previdência informa, no entanto, que a consulta pode congestionar em alguns momentos devido ao número excessivo de acessos em alguns horários.

Os que deverão participar desta primeira etapa do censo começaram a receber avisos de convocação no início de outubro. O comunicado vem impresso no comprovante que o segurado retira ao sacar o benefício no banco.

Ao todo, o beneficiário receberá três convocações para o censo previdenciário. Uma segunda convocação ocorrerá no momento do saque do benefício --que em novembro será feito a partir de hoje até o dia 8 de novembro. A terceira convocação será feita em dezembro, quando serão pagos os benefícios de novembro.

Quem não receber o comunicado não precisa tomar nenhuma providência.

Após receber o aviso, o segurado tem 90 dias para atualizar seus dados. O INSS recomenda que o recadastramento seja feito no dia do recebimento do benefício do aposentado.

Se o segurado perder o prazo de 90 dias, o INSS encaminhará uma carta para sua casa. Se não for localizado ou não comparecer, um quarto aviso será feito por meio de edital público. Só depois disso o aposentado poderá ter o benefício suspenso até que se apresente a uma agência da Previdência Social.

Censo Previdenciário

Para fazer a atualização dos dados, é obrigatório comparecer com o CPF (Cadastro da Pessoa Física) e documento de identidade ou carteira de motorista em qualquer agência do banco onde o segurado possui sua conta.

Todos os procedimentos do censo serão realizados pela rede bancária, que ficará responsável por comunicar o beneficiário da necessidade de apresentação e também pela coleta de informações, que serão posteriormente encaminhadas à Previdência Social.

Leia mais
  • Bancos abrem mais cedo a partir de hoje para recadastramento

    Especial
  • Leia mais sobre recadastramento de aposentados
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    TV Smart TV Smart HDMI, LED, Full HD a partir de R$ 999,99

    Refrigerador Refrigerador Side By Side, Duplex, Frost Free a partir de R$ 849,00

    Home Theater | Tênis | Mais...

    Voltar ao topo da página