Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
10/01/2007 - 14h43

Ações da Apple sobem mais de 8% após apresentação do iPhone

Publicidade

da Efe, em Nova York

As ações da Apple subiram hoje mais de 8% depois de a companhia apresentar um novo telefone celular que tem a capacidade de reproduzir música e vídeo, aparelho que foi batizado de iPhone.

Em um evento em San Francisco (Califórnia, EUA), o presidente da Apple, Steve Jobs, apresentou o novo aparelho, que também permite navegar pela Internet e tirar fotos com uma resolução de dois megapixels.

O iPhone tem uma tela de 3,5 polegadas que também serve para digitar números de telefone e para usar programas, já que o aparelho não tem botões.

Jobs afirmou que sua intenção é conquistar 1% do mercado mundial de telefones celulares, ou seja, cerca de 10 milhões de unidades, e os analistas apostam que o novo produto fará as vendas da empresa crescerem consideravelmente.

O telefone será distribuído de forma exclusiva nos EUA através da companhia Cingular e deve chegar às lojas em junho. Depois, será lançado no mercado europeu, no final da 2007, e na Ásia em 2008.

O custo da unidade do aparelho será de US$ 499 para o modelo com 4 gigabytes de memória e de US$ 599 para o de 8 gigabytes.

Jobs também informou que a companhia mudará seu nome oficial de Apple Computer para Apple Inc.

Como conseqüência destes anúncios, as ações da Apple fecharam com uma alta de US$ 7,10 (8,31%), para US$ 92,57.

Por sua vez, as ações do Research In Motion, companhia que fabrica os famosos aparelhos BlackBerry, telefones celulares que permitem o acesso a e-mail, fecharam com uma queda de 7,85%, enquanto os papéis da Palm desceram 5,69%.

Leia mais
  • Erramos: Ações da Apple sobem mais de 8% após apresentação do iPhone

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre Steve Jobs
  • Leia o que já foi publicado sobre a Apple Computer
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página