Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
10/03/2003 - 18h11

Ponte aérea Congonhas-Guarulhos volta com desconto de 12%

EDUARDO CUCOLO
da Folha Online

A OceanAir Linhas Aéreas decidiu retomar os vôos da ponte aérea entre os aeroportos de Congonhas e Guarulhos, na Grande São Paulo. A rota havia sido criada em julho do ano passado, mas fechou depois de quatro meses devido à falta de passageiros.

Serão quatro vôos diários, com tarifa de R$ 52 _ R$ 7 mais barata que a tarifa anterior_, em uma nova tentativa de concorrer com os táxis que fazem o mesmo percursos por cerca de R$ 65.

''Criamos uma nova facilidade, principalmente para passageiros em conexão, que desembarcam de vôos domésticos e têm vôos internacionais ou vice-versa'', diz o vice-presidente da empresa, Jorge Vianna.

Os vôos partem de Congonhas, de segunda-feira a sexta-feira, em dois horários: às 9h20 e às 19h15. De Guarulhos, as partidas para Congonhas acontecem às 17h40 e 21h10. O trajeto é feito em cerca de 20 minutos.

O vôo das 9h20 prossegue para o Rio de Janeiro (Santos Dumont) e o das 19h55, para São José dos Campos, de onde retorna às 20h30 para Guarulhos e Congonhas.

A empresa também anunciou sua nova grade para outras rotas, incluindo Curitiba-São Paulo, sem escalas, com tarifa de R$ 99,00. Outra novidade é a retomada de vôos para Florianópolis e Chapecó, em Santa Catarina, onde a empresa já opera nas cidades de Videira e Criciúma.

Criada em 2000, como empresa de táxi aéreo, a OceanAir opera hoje rotas regionais em seis estados brasileiros. A empresa conta com quatro aeronaves turbohélice Brasília, com capacidade para 30 passageiros. Quatro aviões Fokker 50, para 50 passageiros, devem entrar em operação neste primeiro semestre de 2003.

Leia mais
  • Varig, TAM e Vasp aumentam passagens
  • Operação conjunta tem problemas no 1º dia


  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página