Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
14/07/2005 - 09h23

Venezuela quer comprar ação da Varig na Pluna

Publicidade

da Agência Folha, em Porto Alegre

A nova companhia aérea estatal da Venezuela, Conviasa, deve comprar ainda neste ano a participação de 49% da Varig na uruguaia Pluna, anunciou ontem o ministro do Turismo da Venezuela, Wilmar Castro.
Castro esteve na capital uruguaia ontem para assinar carta de intenção com a diretoria da Pluna, mas não forneceu detalhes sobre o preço de venda. O Uruguai é dono de 48% das ações da Pluna.

Com a venda, a aérea brasileira tecionaria fazer caixa para lidar com seus problemas financeiros.

Ontem, ela fechou com a Lufthansa Consulting um contrato de reestruturação operacional.

E o prazo de 60 dias para a companhia brasileira apresentar à Justiça e aos credores seu plano de recuperação judicial começou a correr ontem, um dia depois de a medida ser publicada no "Diário Oficial" do Rio de Janeiro.

A empresa começou a dialogar com todos os credores na tentativa de obter uma espécie de plano consensual. Na prática, havendo a aceitação dos credores, a Justiça deve apenas homologar o plano.

De acordo com o advogado Marcelo Carpenter, da Varig, apesar de a empresa já ter se manifestado antes a respeito da recuperação judicial, havia a necessidade protocolar de publicidade da decisão, o que ocorreu com a publicação no "Diário Oficial".

Especial
  • Leia mais sobre a recuperação da Varig
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    TV Smart TV Smart HDMI, LED, Full HD a partir de R$ 999,99

    Refrigerador Refrigerador Side By Side, Duplex, Frost Free a partir de R$ 849,00

    Home Theater | Tênis | Mais...

    Voltar ao topo da página