Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
15/09/2005 - 11h17

Blogs e sites ajudam internautas que querem largar o cigarro

Publicidade

DENISE MOTA
Colaboração para a Folha

"Daqui a uma hora, faz um mês que toquei pela última vez num cigarro até agora. Não, não vou dizer que já me sinto um ex-fumante. Tenho de agüentar muito mais tempo." Descrita em episódios e em tom de diário, a batalha para se livrar de um vício de 18 anos é a fonte de frases como essa e o tema do blog "Cigarro Away" (www.cigarro-away.blogspot.com), assinado por "Yekini" --personagem criado pelo especialista em informática português António Jorge Serra, 31, para compartilhar conselhos e estímulos entre os que, como ele, tentam fazer do fumo um hábito do passado.

"Fiz o blog porque, se minha tentativa de deixar o cigarro sem a ajuda de meios medicinais der resultado, isso será um incentivo para quem o ler. O blog tornou-se também uma forma de me dar forças para não pegar no cigarro, não ia querer estragar a história dizendo: "Desculpem, mas hoje fumei". E, por fim, gosto do fato de que outras pessoas que tentam fazer o mesmo possam dar seu testemunho", explica o autor, ex-fumante de até 40 cigarros por dia e que decidiu parar "de um dia para o outro", como narra em seus vários depoimentos.

"A sensação de partilhar essa "aventura" por meio da internet tem sido muito interessante. A tentativa de influenciar outras pessoas, que nem sequer conheço, a deixar o cigarro é gratificante. Se isso se tornar realidade para uma só pessoa que seja, acho que o blog já teve uma razão de existir."

Leia mais
  • Médicos estudam potencial antitabagista da internet
  • Internet protege e encoraja quem está na mesma situação
  • Dicas para quem deseja parar de fumar

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre tabagismo
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página