Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
09/03/2006 - 12h10

Confira o que muda no corpo durante a caminhada

Publicidade

da Folha de S.Paulo

- embora pareça fácil, o controle motor da caminhada é extremamente complexo. Requer um sinergismo de contrações e relaxamentos musculares que envolvem a parte anterior e a parte posterior do corpo

- durante a caminhada, o coração bate mais rápido e aumenta a circulação do sangue para a área periférica

- o pé recebe força do solo e o empurra, fazendo a musculatura da perna funcionar.

- o quadril faz uma pequena rotação na caminhada e trabalha a coluna lombar

- uma caminhada mais puxada, com passos largos, por mais de 30 minutos gera a produção de endorfina

- caminhadas regulares (no mínimo três vezes por mais de 30 minutos) ajudam a reduzir o estresse e a depressão

- é indicada no tratamento de pacientes com insuficiência cardíaca

- serve para prevenir doenças como diabetes do tipo 2, obesidade e hipertensão

- é o exercício mais indicado para quem leva uma vida sedentária

- tem o potencial para elevar o grau de metabolismo do indivíduo e melhorar a performance cardiovascular

Fontes: Ivani Trombetta, professora de educação física da Unidade de Reabilitação Cardiovascular e Fisiologia do Exercício do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da USP, e Renato Romani, médico do esporte do Cemaf (Centro de Estudos da Medicina da Atividade Física e do Esporte) da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo)

Leia mais
  • Fotografia e ioga estão entre novos "parceiros" da caminhada
  • Veja o passo a passo para uma caminha saudável

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre caminhadas
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Fogão Fogão Encontre o perfeito para você, a partir de R$ 256,41

    Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

    Celulares | Tênis | Mais...

    Voltar ao topo da página