Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
16/03/2007 - 09h35

Saiba como controlar a endometriose

Publicidade

TATIANA DINIZ
da Folha de S.Paulo

A partir do diagnóstico, a estratégia de controle pode ser traçada. Isso porque a endometriose, como o diabetes, é um quadro sem cura, mas a portadora pode controlar a evolução e se livrar da perda de qualidade de vida.

Parte desse cuidado vem da orientação psicológica. "Costumo dizer que 50% do tratamento é terapia", enfatiza Patrícia Mello, ginecologista do Hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo. "Em casa, os pais devem observar as filhas. Será que estão dando conta de tantas transformações? As que têm mais dificuldade de encarar essa transição geralmente estão mais suscetíveis à endometriose", completa.

O tratamento é feito com laparospcopia (cirurgia com vídeo), em que são removidas áreas de tecido atingidas pela endometriose, e suspensão de menstruação, na maioria dos casos. O tipo de medicamento usado para suspender a menstruação e o tempo desse procedimento variam de acordo com cada paciente.

Encarar a vida com menos pressão, comer bem, praticar exercícios, cultivar o bem-estar. Esses são os ingredientes finais da receita para afastar as complicações da doença e manter o corpo sob controle.

É nelas que hoje se concentra a estudante Isadora Lepera Ribeiro, 21, que corre atrás de muitos anos perdidos. "Minha adolescência foi difícil. Passava metade do mês de TPM e a outra metade esperando os sintomas. Cada vez que menstruava, perdia escola, festa, tudo. Minhas amigas não tinham nada daquilo. Não entendia", diz.

Embora os sintomas tenham se manifestado desde os 12 anos, ela só soube da endometriose há pouco tempo. Há um mês, fez a cirurgia de tratamento. "Tudo que penso é que podia ter descoberto aos 15 anos e sofrido muito menos. Foram nove anos muito ruins. Esse tratamento poderia ter vindo muito antes", conclui.

Leia mais
  • Família pode ajudar no diagnóstico da endometriose
  • Cólica forte em adolescentes é primeiro sintoma da endometriose

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre a endometriose
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página