Equilíbrio

SEXO

12/11/2001 - 15h34

Saiba quais são as dúvidas dos meninos sobre a primeira vez

Publicidade

da Folha de S.Paulo

1- Acontece alguma mudança no corpo do homem que mostra que ele perdeu sua virgindade?
Não! Ao contrário das meninas, que, em geral, têm rompimento do hímen e pequeno sangramento da primeira vez, nada muda no corpo do garoto depois da primeira transa.

2- Colocar camisinha na primeira vez não vai me atrapalhar?
Colocar a camisinha não atrapalha. Aliás, não colocar camisinha é que pode deixar você em maus lençóis. Treine em casa, antes, sozinho, a colocação da camisinha no pênis ereto. É legal você já saber dos truques antes da primeira vez. Se der uma quebrada no clima, não esquente. Recomecem as brincadeiras e os estímulos e aprendam a fazer da colocação da camisinha parte do jogo erótico do casal.

3- E se ela começar a reclamar de muita dor?
Pare. Converse com ela e veja se vale a pena mesmo continuar. Se a garota estiver muito insegura e tensa, não valerá a pena forçar a barra. Deixar para outro dia é uma prova de que você gosta dela e de que se preocupa com o prazer que ela sente. Isso facilita muito a vida dos dois no futuro.

4- E se eu não acertar o lugar certo? Onde é mesmo?
Não tem muito como errar. A vagina é o único orifício capaz de permitir a entrada do pênis e ele está mais ou menos no centro da vulva, entre os grandes lábios da mulher. Se estiver um pouco difícil, peça à garota que ajude a guiar o seu pênis. A brincadeira fica até mais divertida!

5- Como forçar a barra para ela liberar logo?
Não vale a pena forçar a barra, não. Se ela não está a fim de transar ainda, aprenda a respeitar esse tempo. Uma transa feita sem que os dois estejam à vontade pode se tornar muito mais complicada. Conversem sobre o assunto, sem pressão.

6- O que eu faço se broxar da primeira vez?
Não faça nada. Respire fundo e desencane. Muitos garotos têm dificuldade de ereção nas primeiras vezes por causa da pressão e da ansiedade. Isso não quer dizer que o homem tem problemas de saúde. São coisas da nossa cabeça. Se você acha que ficou mais calmo e que vale a pena tentar de novo na mesma noite, vá em frente. Caso contrário, deixe para depois. Não tem que ter pressa quando o assunto é sexo, certo?

7- E se eu gozar muito rápido?
Também pode acontecer. Aliás, alguns estudos mostram que até metade dos garotos tem ejaculação precoce (gozam muito rápido) na primeira vez. Como você pode ver, é muito mais gente do que você imagina. As causas disso são a ansiedade e a dificuldade de controlar as sensações do corpo. Com um pouco de experiência e calma, em geral, essa situação muda.

8- Depois que gozamos, quanto tempo preciso esperar para ter a segunda com a menina?
Calma! Você nem começou e já quer saber da segunda? Supondo que os dois transaram e estão a fim de ter uma segunda vez na mesma noite, tudo bem. Mas lembre-se de que mais importante do que a quantidade é a qualidade da transa. Talvez curtir o momento da primeira transa e deixar a outra para depois possa ser uma estratégia boa. Não se esqueça da nova camisinha.

9- Posso transar a primeira vez se tiver fimose?
Até pode. A fimose (estreitamento da pele que recobre a cabeça do pênis) pode provocar algum desconforto, mas, em geral, não impede a primeira transa. O ideal, no entanto, é, se o garoto tiver mesmo fimose, que ele procure seu médico (pediatra, urologista) para resolver esse probleminha.

10- Sou homem e tenho um namorado. Nós dois somos virgens. Como fazer sexo anal sem problemas?
Primeiro ponto: camisinha. Ela protege vocês de várias DSTs e da Aids. Segundo: usar lubrificante à base de água (que não estraga o látex da camisinha) . O ânus não tem a mesma lubrificação da vagina, e os lubrificantes diminuem o desconforto. E, para terminar: muita calma. O ânus tem uma contração reflexa no momento inicial da penetração, que pode causar dor. Ir devagar reduz esse problema.

11- Na primeira transa entre dois homens, como decidir quem vai fazer o quê?
Vale lembrar que a relação sexual entre dois homens ou entre um homem e uma mulher não se resume à penetração. Há muita coisa que pode ser feita. No caso de dois homens, muitas vezes, cada um deles já sabe o que quer fazer. Aí é questão de conversar sobre o assunto e chegar a uma combinação, que não precisa ser definitiva. Vale para aquele momento, e as coisas podem ir mudando. O importante é que os dois estejam fazendo o que curtem, com cuidado e camisinha.


 

Publicidade

FolhaShop

Digite produto
ou marca