Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
04/07/2006 - 09h08

Decepção da Copa, Ronaldinho "festeja" com comida, dança e balada

Publicidade

SÉRGIO RANGEL
Da Folha de S.Paulo, em Barcelona

Um dia depois da eliminação do Brasil na Copa, o meia Ronaldinho deixou a tristeza de lado. Maior decepção do Mundial, o jogador do Barcelona aproveitou o primeiro dia de férias com muita dança, comida e balada. E só foi dormir após as 5h da madrugada de ontem.

Logo após chegar da Alemanha, Ronaldinho organizou, no final da tarde de domingo, um almoço em sua casa em Castelldefels, cidade vizinha a Barcelona. Ao som de pagode e hip hop, o camisa 10 do Brasil recebeu amigos e parentes nos jardins de sua residência. À noite, seguiu para a boate Sandunguita, onde dançou até amanhecer.

Ronaldinho teve como convidado especial Adriano, da Inter de Milão, que também fracassou na Copa da Alemanha. O atacante acompanhou o meia até o final da balada. "Eles fizeram uma festa grande. Fui dormir depois da meia-noite, e a música ainda estava tocando", disse Carmen Martinez, uma das vizinhas do jogador.

Ela mora em frente à casa do ídolo do Barcelona. Depois da recepção em seu jardim, Ronaldinho foi para a boate com um grupo menor. Além de Adriano, alguns amigos de Porto Alegre.

"Ele mostrou a alegria de sempre. Dançou muita música brasileira, samba, funk, além da salsa", relatou o garçom João Marcelo Filho, um dos brasileiros presentes na boate, especializada em ritmo latinos.

Descontraído, Ronaldinho foi vestido com roupas no estilo NBA (a milionária liga de basquete), com calção e camiseta largos, chegou por volta da 1h e ficou num dos cantos da Sandunguita. Dançando muito, chegou até a tirar a camisa na pista por causa do calor.

A danceteria fica em uma belíssima marina da cidade litorânea. Dentro da boate, Ronaldinho e Adriano não atraíram muito a atenção dos freqüentadores. Segundo funcionários do local, os dois deixaram o local pouco após as 5h.

Por volta desse horário, começava a circular pelas ruas de Barcelona a edição do jornal "El Mundo Deportivo". Ali, porém, Ronaldinho demonstrava tristeza. No artigo "Chorei e não me importo de admitir", o meia brasileiro escreveu: "Não importa explicar o motivo do meu choro, como o de outros jogadores, porque a emoção não se contém. Estamos tristes porque queríamos chegar mais longe, mas temos que admitir que a França jogou melhor".

"Quando o Brasil ganha, ganhamos todos. Se perde o Brasil, perdemos todos", analisou o atleta, dividindo a responsabilidade pela eliminação com os colegas. Ele também elogiou a atuação de Zidane, "um jogador com letras maiúsculas".

Eleito duas vezes seguidas o melhor do mundo pela Fifa, Ronaldinho não fez nenhuma boa partida nesta Copa. Jogando mais recuado do que em seu clube, foi facilmente neutralizado pelos rivais. Já Adriano, que perdeu a vaga de titular na última partida, marcou dois gols, mas foi muito criticado.

Ontem, os dois passaram o dia dormindo. Um amigo do gaúcho, que se identificou apenas como Jorge, negou que a dupla estivesse em casa. Dizia que eles já tinham viajado, mas não informou o destino. Vizinhos declararam que os dois permaneciam no local. No início da noite, a Folha voltou à residência do jogador. Apesar das conversas em tom alto perto da piscina, Jorge voltou a negar a presença do craque.

Ronaldinho voltará ao Brasil nos próximos dias --seguirá provavelmente para Porto Alegre. Nestas férias, planeja também viajar ao Rio, onde tem um apartamento perto da praia da Barra da Tijuca. Ele tem um filho que mora na cidade.

Leia mais
  • Seleção teve acesso a dados sigilosos de arbitragem durante o Mundial
  • Jornal francês chama portugueses de "selvagens", e embaixador protesta
  • Irritados com derrota, turistas ingleses boicotam praias portuguesas
  • Bolas recheadas com cimento ferem duas pessoas em Berlim

    Leia mais
  • Tudo sobre o dia das seleções que disputam o título da Copa do Mundo-2006
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Fogão Fogão Encontre o perfeito para você, a partir de R$ 256,41

    Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

    Celulares | Tênis | Mais...

    Voltar ao topo da página