Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
24/07/2003 - 17h08

Fim de semana em São João Del Rei tem samba e pop

ROBERTO DE OLIVEIRA
enviado especial a São João Del Rei (MG)

Como se não bastasse o legado arquitetônico e histórico, há motivos de sobra para o turista aproveitar esse inverno quente de dia e o friozinho de noite para visitar São João Del Rei (MG).

A cidade é palco do 16º Inverno Cultural da UFSJ (Universidade Federal de São João Del Rei), um dos mais importantes e diversificados eventos do país, que termina neste domingo, dia 27.

Ainda dá tempo para aproveitar uma das oficinas em diferentes aéreas artísticas durante o sol da tarde e pegar o sereno da noite em shows. Depois de Tom Zé e a apresentação calorosa de Paulinho da Viola, no sábado passado, o samba de raiz está de volta à terra de Tancredo Neves.

Nesta sexta-feira, é dia de Nelson Sargento e da Velha Guarda da Mangueira, que se apresentam a partir das 22h, na Rotunda.

Chegue mais cedo para apreciar a beleza desta antiga oficina de trens que faz parte do patrimônio ferroviário da cidade, construída no final do século 19.

Dica: se possível, fique bem de frente ao palco, na parte descoberta, para curtir o embalo do samba olhando para as estrelas. É um daqueles lugares que faz a gente voltar ao tempo, valorizar o passado no presente e torcer para ele continue ali, de pé, servindo de palco para a cultura de um povo no futuro. São João Del Rei é isso.

No sábado, o pop dá as caras, só que desta vez no estádio do Minas Futebol Clube, na praça da Biquinha. Sobem ao palco Nando Reis e os mineiros do Pato Fu. A idéia aqui é agradar desde a garotada até os adultos. Os ingressos para os shows custam de R$ 5 a R$ 10.

Mas tem atividades para toda a família durante a tarde também. Às 17h, no Teatro Municipal, acontece uma das montagens mais criativas do festival: "Marionetes a Fio", da Companhia de Inventos de Tiradentes, sob o comando dos manipuladores Bernardo Rohrmann e Renata Franca. Eles encerram a parte de artes cênicas do festival. Ninguém paga nada para assistir.

Não saia de São João Del Rei sem apreciar uma das principais manifestações culturais da região. Por isso, vale a pena acorda cedo no domingo. Às 9h, no centro histórico, partindo do largo do Rosário, acontece um cortejo de bandas de música, que irá se encontrar com outras bandas da região no Lardo do Carmo.

O evento, como a grande maioria das atividades do 16º Inverno Cultura da UFSJ, é de graça. À tarde, o festival será encerrado no bairro do Tejuco, às 16h, com um caminhão-palco, chamado Expresso Melodia, com muita música erudita e popular. Pronto: pode voltar para a casa e encarar a segunda-feira.

O jornalista Roberto de Oliveira viajou a São João Del Rei a convite dos organizadores do festival.

16º Inverno Cultura da UFSJ - Informações pelo tel.: 0/xx/32/3379-2503; na internet: www.ufsj.edu.br

Especial
  • Programe-se para o inverno e acompanhe o dia-a-dia da estação
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página